COMUNIDADE FAMILIA ASCENSAO
SAUDAÇÕES QUERIDA FAMILIA.
PARA CONHECER OS DEBATES E PARTILHAS ANTERIORES VISITE O LINK
http://nominato.com.br/forum/index.php

ATENÇÃO :
APÓS FAZER O REGISTRO, VÁ NA SUA CAIXA DE EMAIL E "ATIVE" SUA CONTA.
VOLTE AO FÓRUM E CLIQUE "LOGIN" NOME E SENHA "MANTER CONECTADO". PARA FUGIR DAS PROPAGANDAS.


O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Mensagem  ViajanteSolitary em Qua Out 06, 2010 12:21 am




O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN


AUTORIZAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO 1
O LIVRO DE OURO DA IRMANDADE DE SAINT GERMAIN 2
CAPÍTULO I – EU SOU 2
CAPÍTULO II – DEUS ATIVO 5
CAPÍTULO III – CINTURÃO ELETRÔNICO 8
CAPÍTULO IV – FOGO CRIADOR 12
CAPÍTULO V – CURA ÀS NAÇÕES 15
CAPÍTULO VI – ENFERMIDADE NÃO 17
CAPÍTULO VII – FAÇA-SE A LUZ 21
CAPÍTULO VIII – O PENSAMENTO 24
CAPÍTULO IX – MEDITAÇÃO 27
CAPÍTULO X – ENERGIA INESGOTÁVEL 30
CAPÍTULO XI - DEUS HIMALAYA 32
CAPÍTULO XII – DEUS EM AÇÃO 34
CAPlTULO XIII – EU SOU 38
CAPÍTULO XIV - FÉ-ESPERANÇA-CARIDADE 41
CAPÍTULO XV – ASTROLOGIA NÃO 43
CAPÍTULO XVI - DIA DE AÇÃO DE GRAÇAS 47
CAPÍTULO XVII – OS ANDES 50
CAPÍTULO XVIII – ATIVIDADE SUL-AMERICANA 53
CAPÍTULO XX – ENERGIA ATRAVÉS DA MÃO 58
CAPlTULO XXI – NÃO COBRAR POR ENSINAR 62
CAPÍTULO XXII – O PLANO PSÍQUICO 65
CAPÍTULO XXIII - PREPARAÇÃO DA PÁSCOA 68
CAPÍTULO XXIV – O ELEMENTO FOGO 70
CAPÍTULO XXV - DIA DE NATAL 73
CAPÍTULO XXVI – AUTO-CORREÇÃO 76
CAPÍTULO XXVII – PEREGRINAÇÃO DE JESUS 79
CAPÍTULO XXVIII – A RODA CÓSMICA 82
CAPÍTULO XXIX – OS MESTRES CÓSMICOS 83
CAPÍTULO XXX – O GRANDE SOL CENTRAL 85
CAPÍTULO XXXI – JESUS E SAINT GERMAIN 87
CAPÍTULO XXXII – NOVO CICLO 90




O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

AUTORIZAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO

Contrariamente ao que se vem dizendo a respeito de que o Mestre Saint Germain deixou uma proibição de serem publicados seus ensinamentos, temos a satisfação de esclarecer ao estudante o que diz textualmente o capítulo n° 29, terceiro parágrafo:

"EU APRECIAREI, PROFUNDAMENTE, A TODA ASSISTÊNCIA QUE OS ESTUDANTES, SOB ESTA RADIAÇÃO, POSSAM DAR, PARA QUE OS LlVROS SEJAM EDlTADOS E COLOCADOS ANTE A HUMANIDADE, JÁ QUE ESTE É O MAIOR SERVlÇO QUE SE PODE OFERECER NESTE MOMENTO".
SAINT GERMAIN



O LIVRO DE OURO DA IRMANDADE DE SAINT GERMAIN
Este é o sagrado Ensinamento que o Mestre Saint Germain dispôs para a sua Era de Ouro, e que forma o Terceiro Ciclo de Ensinamentos da Irmandade Saint Germain, depois do qual o discípulo encontra-se com pleno conhecimento de sua PRESENÇA "EU SOU".
Quanto mais for estudado e meditado o conteúdo deste livro, mais protegido e elevado se tornará o discípulo, ainda que se saiba que o Amado Mestre não vacila nem usa de nenhuma dissimulação, para que se saiba dos perigos e castigos que acarretarão, se alguém focar sua atenção em leis, pessoas e vibrações inferiores ao que Ele ensina.
Aqui estão, portanto, os Regulamentos Divinos. O cumpri¬mento destes regulamentos depende do homem.



CAPÍTULO I – EU SOU

A Vida em todas as suas atividades, onde quer que Ela se manifeste, é DEUS EM AÇÃO. É por falta de conhecimento na forma de aplicar o pensamento-sentimento, que os humanos estão sempre interrompendo a passagem da Essência de VIDA. Se não fosse por essa razão, a Vida expressaria sua perfeição com toda a naturalidade em todas as partes.
A tendência natural da Vida é Amor, Paz, Beleza, Harmonia e Opulência. Para Ela é indiferente quem a use; continuamente está surgindo, mais e mais, para manifestar Sua perfeição, e sempre com este impulso vivificador que lhe é inerente.


"EU SOU"

"EU SOU" é a atividade da Vida. É inacreditável que os estudantes mais sinceros nem sempre chegam a captar o verdadeiro significado dessas duas palavras!
Quando dizeis "EU SOU", sentindo-as, abris a fonte da Vida Eterna, para que corra sem obstáculos ao longo do seu curso; em outras palavras, abris amplamente a porta para seu fluxo natural. Quando dizeis "Eu não sou", fechais a porta ante a face desta Magna Energia.
"EU SOU" é a plena atividade de Deus. Coloquei em vossa frente, infinidade de vezes, a Verdade de "DEUS EM AÇÃO". Quero que compreendais que a primeira expressão de todo ser individualizado, em qualquer parte do Universo, seja em pensamento, sentimento ou palavra, é "EU SOU", reconhecendo, as¬sim, Sua própria Vitoriosa Divindade.
O estudante, ao tentar compreender e aplicar estas potentes, ainda que singelas leis, tem que manter uma vigilância estreita sobre seus pensamentos e atitudes. Isto porque, cada vez que alguém pensa ou diz "Não Sou", "Não posso” ou “não tenho” está sufocando a Magna Presença Interna, consciente ou inconscientemente, em forma tão tangível, como se colocasse as mãos ao redor do pescoço de alguém. A diferença desse gesto, na forma externa, é que podeis, com o pensamento, governar vossas mãos e afrouxá-las a qualquer momento. Quando alguém faz uma declaração de “não ser”, “não ter” ou “não poder”, coloca em movimento a energia ilimitada que continuará atuando até que seja anulada e transmutada sua ação. Isto mostrará o enorme poder que tendes para qualificar, ordenar e determinar a forma em que desejeis que atue a Grande Energia de Deus. Digo-vos, amado estudante, que a dinamite é menos perigosa. Uma carga de dinamite desintegrará o vosso corpo; enquanto que pensa¬mentos ignorantes, lançados sem controle nem governo, travam a roda da reencarnação indefinidamente ou seja: enquanto dure um decreto sem ser detido, transmutado e dissolvido, o mesmo continuará imperando "per secula seculorum", por disposição do próprio indivíduo!
Por isso, vede quão importante é que saibais o que estais fazendo quando usais atitudes incorretas impensadamente, já que estareis empregando o mais potente e Divino Princípio da Atividade no Universo, ou seja, o "EU SOU".
Não compreendais mal, não se trata de uma atividade, idéia oriental, estrangeira, vã ou leviana, nem de nenhum exagero. Trata-se, nem mais nem menos, do mais alto Princípio de Vida, usado e expressado através de todas as civilizações que tenham existido. Lembrai-vos primeiro que toda a forma de vida, cons¬ciente de si mesma, expressa o EU SOU, que é muito mais do que "eu existo". Depois, em seu contato com o exterior, com atividade incorretamente qualificada, é que o estudante começa a aceitar coisas inferiores ao "EU SOU".
Agora vede, amado discípulo, quando dizeis "eu estou enfermo" estais deliberadamente invertendo a perfeição que contém o processo vital. Não enxergais que o estais batizando com algo alheio que jamais o "EU SOU" possuiu?
Através de muitos séculos de ignorância e incompreensão, a humanidade carregou de falsidade e irrealidades até mesmo a atmosfera que a rodeia; por isso, tenho de repetir, que quando anunciais "estou enfermo", é uma flagrante mentira com respeito à Divindade. Ela (o EU SOU) jamais conhecerá doença. É sempre plena de Vida e Saúde.
Peço-vos, amado estudante, em Nome de Deus, que cesseis de empregar essas falsas impressões em relação à Divindade, pois é impossível que tenhais liberdade, enquanto as continuais usando. Nunca será demasiado insistir convosco, para que verdadeiramente reconheceis e aceiteis a Magna Presença de Deus "EU SOU” em vosso interior, pois, categoricamente, não tereis mais condições adversas.
Em nome de Deus, suplico-vos que, cada vez em que vos encontreis dizendo que estais doente, pobre ou em outras situações adversas, instantaneamente invertais esta condição fatal para vosso progresso, e declareis mentalmente, com toda a intensidade de vosso EU SOU, que é todo saúde, opulência, felicidade, paz e perfeição. Cessai de dar poderes a condições externas, pessoas, lugares e coisas, pois o EU SOU é o poder de reconhecer a Perfeição em cada um e em todas as partes.
Quando pensais na expressão "EU SOU", significa que já sabeis que tendes Deus em ação atuando em vossa vida. Não permitais que falsas avaliações, conclusões e palavras continuem governando e limitando-vos: Lembrai constantemente: "EU SOU", portanto, sou Deus em Ação, "EU SOU" Vida, Opulência, Verdade já manifestadas".
Assim, lembrando-vos desta Presença lnvencível, mantende a porta aberta para que Ela (a Presença "EU SOU") mostre, em vossa manifestação externa, toda a Sua Perfeição.
Por Deus, não crede que, continuando a usar decretos erra¬dos, de alguma maneira a vossa vida vá endireitar-se e manifestar coisas boas, porque é impossível que isto aconteça. Nos pastos usam-se ferros para marcar as reses. Eu gostaria de poder marcar-vos com um ferro, que fixasse em vossa consciência o "EU SOU" e que não pudésseis fugir do uso constante desta Grande Gloriosa Presença que sois.
Quando qualquer condição imperfeita aparecer em vossa experiência, declarai, veementemente, que não é verdade; que aceitais somente a Deus, a Perfeição em vossa vida. Cada vez e aceitais as falsas aparências; fareis com que elas se expressem e se manifestem em vossa vida e experiências. Não importa que creiais ou não no que estou vos dizendo, ISTO É UMA LEI comprovada através de anos de experiência. Hoje a entrega¬mos a vós, para libertar-vos.
Vós sabeis que, no Mundo Ocidental, as pessoas gostam de enganarem-se com a idéia de que é suficiente apenas não acreditar (ou não aceitar) a antiga idéia oriental de bruxaria, para estar livre dela. A bruxaria não é senão o mau uso dos poderes espirituais, os mesmos que são usados para o bem. A pior classe de bruxaria é empregada, hoje, pela política, com o uso do poder mental mal qualificado.
Se essa mesma tremenda força fosse usada em sentido inverso, ou seja, para recordar que a Ação de Deus está em cada pessoa que ocupa um posto oficial, aquele que a empregasse desta forma positiva, não somente libertaria a si mesmo, como, também, preencheria o mundo político de liberdade e justiça; viveriam os humanos em um mundo natural, onde a Ação de Deus seria predominante em todos os momentos.
Como foi no Egito é hoje: Aqueles que usam mal o poder da mente prendem-se eles mesmos na desarmonia, encarnação após encarnação. Fazei vós o seguinte propósito: "Eu não aceito nem adoto condições do ambiente alheio ou de nada do que me rodeia. Só de Deus, do Bem e do meu "EU SOU".
Precisais adquirir o hábito de governar vossa energia. Sentai, várias vezes ao dia, e aquietai-vos, aquietai vosso ser externo. Isto permitirá que vos supreis com a devida energia. Aprendei a ordená-la e controlá-la; caso quiserdes que ela (a vossa energia) esteja calma, mantende-vos quietos; se a necessitais ativa, ponde-vos ativos. Tendes que enfrentar as coisas e elevar-vos acima delas.
O estudante deve estar alerta para reconhecer, em si mesmo, os seus hábitos; não deve esperar que alguém aponte seus defeitos. Deve examinar-se e eliminar tudo o que não seja perfeito. A forma de conseguir é declarando que não se tem tal hábito indesejável. “Logo, sendo EU criação de Deus, sou Filho de Deus Perfeito". Isto traz uma liberação que não é possível conseguir de nenhuma outra forma. Permanecer com velhos costumes, é como vestir-se com uma roupa antiga. Lembrai-vos: Ninguém pode fazer nada por vós, deveis fazê-lo por vós mesmos. Neste trabalho, neste ensinamento e nesta radiação, todas as coisas velhas no indivíduo saem para serem consumidas. Antes de queixar-vos de cada coisa que experimentais em vós e em vosso mundo, lembrai-vos que elas vêm para que as quiteis e as transmuteis.
Tende cuidado em não fixar a atenção naquelas coisas das quais quereis livrar-vos. É ridículo estar lembrando de acontecimentos que não deram certo. Não é algo maravilhoso que, depois dos séculos em que estivestes construindo limitações, possais, em pouco tempo, extirpá-las e libertar-vos através de vossa própria atenção e esforço? Não vale a pena?! A forma mais rápida de consegui-lo é empregando o humor. A sensação leve que dá a alegria permite fazerdes maravilhosas manifestações. Se vos empenhais em invocar a Lei do Perdão, podeis consumir todas as más criações do passado com a Chama Violeta Transmutadora e sereis livres. Deveis ter consciência de que a Chama Violeta é a Ativa Presença de Deus agindo.
Quando sentirdes desejo de fazer algo construtivo, esforçai¬vos, com todo empenho, para consegui-lo, mesmo que o mundo caia ao vosso redor. Mesmo que não presencieis a manifestação, não deveis preocupar-vos. Ainda que os estudantes somente conheçam as coisas intelectualmente, não devem permitir que suas mentes voltem às condições más ou erradas do passado, já que eles sabem que tal recordação acaba com todo êxito. É incrível que as pessoas não dominem este inimigo. Nenhum estudante pode triunfar, até que deixe de voltar-se às condições negativas que está tratando de superar.
O trabalho íntegro de um Mestre é tratar de fazer compreender ao estudante o que significa aceitar. Aquilo com que o indivíduo está de acordo mentalmente será aceito por ele. Se ele prende a sua atenção em uma coisa, está fazendo ou unificando-se com ela, identificando-se com aquilo de mau ou bom em que se fixou. Quando a mente aceita ou está de acordo com alguma coisa ou condição, está decretando essa condição em seu mundo. A tudo que escutais ou que meditais com atenção, estareis aceitando, pondo-vos de acordo, identificando-vos com esse algo, em virtude de vossa atenção. Acreditais que um homem, que vê uma serpente cascavel enroscada, caminha deliberadamente para ela, para que o ataque? Lógico que não! Pois é isto que os estudantes fazem quando permitem que sua atenção retorne aos antigos problemas.
A atividade interior governa de acordo com o Plano da Perfeição. O exterior, quando o deixamos agir, sempre governa errada¬mente. Quando um quadro construtivo ilumina-se em vossa mente, torna-se uma realidade. E essa realidade surge sempre que mantiverdes esse quadro em vossa lembrança. É possível fazer-vos tão conscientes da Presença de Deus, que, a qualquer momento, podereis ver e sentir Sua Radiação derramando-se em vós.
Pra tudo que ele não quer, o estudante demonstra a confiança no mundo exterior, porém, para tudo o que deseja deve obrigar-se a ter a mesma confiança que tem no espiritual. Deve sempre confiar em si mesmo, e deve pensar: "Como posso usar as indicações que me foram dadas, a fim de intensificar esta atividade?"



***************************************************************************
Permitam-me colocar aqui este livro e a indicação onde o encontrar na net.
Muita gente já o conheçe, mas muitas mais ainda nem ouviram falar dele.
E este ensinamento é tão importante, mas tão importante, que não pode ficar mais tempo desconhecido.


Pode encontrar este livro nesta biblioteca:
http://www.eusouluz.iet.pro.br/biblioteca/pafiledb.php?action=category&id=1&PHPSESSID=a424942a3a6122a7c39368856363ea37
http://www.eusouluz.iet.pro.br/


avatar
ViajanteSolitary

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Mensagem  Antonio(Mago) em Qua Out 06, 2010 12:30 am

Muita paz, luz e vida em todo nosso Ser.


avatar
Antonio(Mago)

Sagitário Mensagens : 276
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 61
Localização : Recife - Pernambuco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Mensagem  ViajanteSolitary em Qua Out 06, 2010 12:33 am

Muito bom video.
Agradeço imensamente amigo António.
Muita paz em nossos corações.
VS
avatar
ViajanteSolitary

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Mensagem  Antonio(Mago) em Qua Out 06, 2010 12:44 am

Olá amigo, todos nós somos gratos pela sua presença no Site.

Tudo me lembra essas músicas.
O Trabalho na Chama Sagrada:

avatar
Antonio(Mago)

Sagitário Mensagens : 276
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 61
Localização : Recife - Pernambuco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Mensagem  Convidad em Qua Out 06, 2010 6:30 am

Olá Mago!

Este livro foi um dos primeiros que li, foi um dos que mais gostei e até hoje boto em prática alguma coisa que aprendi com ele.

Um abraço!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Mensagem  Convidad em Qua Out 06, 2010 9:46 pm

Euli este livro fazem alguns anos.
Ele fala de um cinturão eletrêonico, certo?
Isso é conhecido hoje como mercaba.

PAZ

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

CAPÍTULO II – DEUS ATIVO

Mensagem  ViajanteSolitary em Qui Out 07, 2010 4:36 am


O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN
CAPÍTULO II – DEUS ATIVO

Quando Jesus disse: "EU SOU a Ressurreição e a Vida", emitiu uma das maiores expressões que se pode fazer.
Quando Ele disse EU SOU, não se referiu à expressão exterior, mas à Magna Presença de Deus Interior, porque disse, repetidamente: "Eu de meu próprio ser não posso fazer nada. É o Pai nosso, o EU SOU que faz as obras".
Também disse Jesus: "EU SOU o Caminho, a Verdade e a Vida", reconhecendo, assim, o único Poder, Deus em Ação dentro d'Ele.
Também disse "EU SOU a Luz que ilumina cada homem que vem ao mundo", anunciando, em cada sentença, a importância vital com as palavras "EU SOU". Uma das formas mais poderosas de liberar o Poder de Deus, Amor, Sabedoria, Verdade, é coloca-lo em ação na experiência exterior, é colocar essa declaração "EU SOU" em tudo e em qualquer coisa que se deseje.
Agora vamos nos referir à frase mais poderosa de todas, talvez uma das maiores que tenha sido lançada à experiência exterior, por meio da palavra. "EU SOU A PORTA ABERTA QUE NENHUM HOMEM PODE FECHAR”. Vede quão importante é isto? Quando chegardes a compreender essas afirmações magnas, vos dareis conta, então, da grandeza de seu alcance.
Quando reconhecerdes e aceitardes, plenamente, o "EU SOU" como a magna Presença de Deus em vós, em ação, tereis dado um dos maiores passos para a vossa libertação.
Prestai bem atenção na afirmação "EU SOU A PORTA ABERTA QUE NENHUM HOMEM PODE FECHAR". Se puderdes realizá-la, tereis a chave que vos permitirá atravessar o véu da carne, e, levando convosco toda a consciência imperfeita que tenhais acumulado, podereis transmutar e elevá-la a essa perfeição na qual entrastes.
Nunca será demais ponderar a importância de meditar no EU SOU o maior tempo possível, como sendo a Grande Presença de Deus em vós, em vosso lar, em vosso mundo e em vossos assuntos. Cada respiração é Deus em Ação em vós. O Poder de expressar vosso pensamento, vosso sentimento, é Deus ativo em vós. Como tendes livre-arbítrio, é assunto vosso qualificar a energia que projetareis em pensamento e sentimento, determinando como quereis que atuem para vós.
Ninguém pode perguntar: E como é que eu faço para qualificar a energia? Todo mundo conhece a diferença entre o destrutivo e construtivo no pensamento, sentimento e ação.
O estudante, ao receber esta instrução, deve constantemente analisar o motivo que o impele para detectar se há algum sentimento de orgulho intelectual, de arrogância ou de teimosia na mente e corpo exterior. Se houver algum desejo de discutir ou provar que a instrução está errada, em lugar de receber a Bênção e a Verdade, o indivíduo fecha, inconscientemente, a porta, e, naquele momento, anulou sua habilidade em receber o bem oferecido.
Também quero lembrar aos discípulos, que, não obstante as opiniões pessoais a respeito do que deve ser a Verdade, Eu comprovei, através de muitos séculos, estas instruções que agora estou dando. Se quiserdes receber o maior benefício possível e obter a compreensão que dá a absoluta liberação, tereis que ouvir com uma mente inteiramente aberta, com a consciência de que "EU SOU" é a ativa Presença de Deus em vós. É vossa a escolha de receber, aceitar e aplicar, sem limitações, a instrução que está sendo dada, acompanhada pela radiação. Isto permitirá a todos os estudantes compreenderem estas simples ainda que magnas asseverações da Verdade, que o abençoarão e libertarão grandemente.
Há muitos séculos que se repete para a humanidade: "Não se pode servir a dois senhores". Porque não existe senão uma Inteligência, uma Presença, um Poder que pode atuar, e essa Presença é Deus em vós. Quando vos voltais para a manifestação, exterior e acreditais no poder das aparências, estais servindo a um falso senhor e usurpador. Essa manifestação só encontra uma aparência, porque contém a energia de Deus, a qual está sendo mal usada.
A vossa habilidade para levantardes a mão, a vida que flui através do sistema nervoso do vosso corpo é Deus em ação. Amados estudantes, tratai de utilizar esta forma simples de recordar Deus em ação dentro de vós.
Quando caminhardes pela rua, pensai por um momento: "Esta é a Inteligência Divina, o Poder que me faz caminhar e que me diz para onde vou". Vereis que já não é possível continuar sem compreender que cada movimento que façais é Deus em ação. Cada pensamento em vossa mente é Energia Divina que vos permite pensar, já que sabeis que este é um fato indiscutível (pois não há discussão possível) por que não adorar e dar plena confiança, fé e aceitação a esta Magna Presença de Deus em cada um, em lugar de olhar a expressão externa que está qualificada e colorida pelo conceito humano das coisas?
Cada forma exterior não é nada mais que uma parte da vida, por meio da qual cada indivíduo pode alcançar, saber a origem de seu ser (isto, vós aprendeis através de vossa própria experiência); portanto, voltai à plenitude de perfeição de origem, apoiados na autoconsciência que tenhais adquirido.
A expressão de vida não é senão um constante e variável quadro que a mente exterior criou, presumindo ser ela o verdadeiro ator.
De tal maneira está a atenção constantemente presa à aparência externa, que só contém imperfeições, que faz essa fixação com que os filhos de Deus esqueçam sua própria Divindade, tendo novamente, porém, de regressar a Ela.
Deus é o Doador, o Recebedor e o Dom, é o único Dono de toda a Inteligência, Substância, Energia e Opulência que existem no Universo.
Se os filhos de Deus aprendessem a dar, unicamente pelo prazer de dar, seja amor, dinheiro, serviço ou o que quer que seja, a expressão externa não teria necessidade de nenhuma outra coisa. Seria impossível desejar algo mais.
O mal da humanidade, o que tem causado tanto egoísmo e condenação sem precedentes entre uma pessoa e outra, é a insistência na posse pessoal das maravilhosas bênçãos de Deus. Não há nada mais que um Amor atuando, uma Inteligência, Poder e Substância em cada indivíduo e isso é Deus. O alerta que pode ser dado a cada estudante é: Eliminar o desejo de reclamar e apropriar-se do poder para si.
Se, em cada ato da personalidade se desse pleno crédito e poder a Deus unicamente, ocorreriam transformações incríveis naquele que, assim, entregasse todo o crédito à Sua Divina Presença.
Raramente se tem conseguido compreender o suprimento e a busca deste suprimento. A oferta e a procura. Positivamente, há abundante suprimento, mas a procura tem que ser estipulada antes que a Lei do Universo lhe permita surgir para a expressão e uso do indivíduo.
O estudante, já que tem livre-arbítrio, deve fazer o pedido ou a procura consciente e com plena determinação. Então, verá que o suprimento não poderá deixar de manifestar-se, não importa o que seja, desde que sempre o indivíduo mantenha consciência resoluta e sem fraquezas. A seguinte e simples afirmação usada com sinceridade e determinação, trará ao discípulo tudo o que ele possa desejar: "EU SOU a grande Opulência de Deus feita visível em meu uso agora e para sempre".
O elemento limitador que tantos estudantes sentem consiste no fato de que eles começam declarando a Verdade, quando usam, por exemplo, a afirmação acima, porém, antes que tenham passado muitas horas, ao analisarem-se conscientemente, encontrarão em seus sentimentos traços de dúvida ou temor. Estes dois sentimentos naturalmente neutralizam, em grande parte, a força construtora que realizaria o desejo ou o pedido.
Uma vez que o estudante possa dar-se conta de que todo bom desejo é Deus em ação, compreenderá o Amor sem limites, o Poder e a inteligência que possui e com os quais poderá alcançar qualquer desejo e propósito.
Com esta simples compreensão, a palavra fracasso seria completamente apagada de seu mundo e, em pouco tempo, sua consciência veria que está manejando uma inteligência e um poder que não podem fracassar. Assim, estudantes e indivíduos entrariam em seu pleno domínio, de acordo com a intenção de Deus.
É propósito de Nosso Grande Pai, que é todo Amor e Sabedoria, que nada falte a nenhum de seus filhos; mas eles permitem que sua atenção se fixe na aparência externa, a qual é como a instável areia do deserto. Desta maneira eles, consciente ou inconscientemente, se separam da Grande Inteligência e Opulência.
Esta grande opulência é a herança da qual todo mundo pode dispor, sempre que se volte novamente para o "EU SOU", o Princípio Ativo de Deus eternamente dentro de nós mesmos, a única Fonte de Vida Ativa, de inteligência e opulência.
Através de todas as idades existiram certas normas de conduta, necessárias para todo o estudante que deseje alcançar certos objetivos. Trata-se da conservação e governo da força vital através do sexo. Para o indivíduo que esteve usando esta energia sem pensar em governá-la, o fato de dizer "Eu vou deixar disto", sem a compreensão da correta atitude de consciência, não seria nada mais do que simplesmente suprimir o fluxo de energia, que ele provocou para que flua em outra direção.
Ao estudante que deseja dominar-se, esta afirmação, que é a mais eficaz de tudo o que se poderia dar, quando usada com compreensão, é a Magna afirmação de Jesus: "EU SOU a Ressurreição e a Vida". Esta afirmação não somente purifica o pensamento, como também é a força elevadora e ajustadora mais poderosa que se pode usar para a correção daquilo que é a maior das barreiras para a elevação espiritual. Todo aquele que comece a sentir o impulso interior de corrigir esta condição, e que use esta afirmação continuamente e com firmeza, elevará esta maravilhosa corrente de energia até o ponto alto dó cérebro, como foi originalmente planejado. O indivíduo sentirá sua mente inundada com as mais maravilhosas idéias com abundante poder sustentador, e habilidade que se expressará para abençoar a toda a humanidade.
Eu peço a qualquer estudante que observe e examine os resultados em sua mente e corpo. Sintam profundamente as palavras de Jesus: "EU SOU" a Ressurreição e a Vida", repetindo três vezes em silêncio ou audivelmente, e observem a ascensão da consciência que vão experimentar. Alguns necessitarão de várias repetições, para sentirem a elevação surpreendente que outros sentem na primeira vez. Isto demonstra em uma pequena forma o que pode alcançar com o uso constante dessa afirmação (“EU SOU a Ressurreição e a Vida”).
Há somente uma maneira de libertar-se de algo negativo: depois que conhecerdes o erro que tendes a superar, deveis afastar vossa atenção externa completamente do mesmo, fixando-a firmemente na afirmação acima.
Qualquer condição da experiência externa que alguém deseje superar pode alcançar com o uso desta afirmação, assim como também mudar o fluxo da energia mal dirigida. Eu tive um estudante que sentiu o impulso de inverter esta grande energia e com o uso desta única afirmação conseguiu elevar a vibração de seu corpo. Em um ano, uma transformação maravilhosa se operou em toda sua aparência externa. É incrível que, com todas as afirmações que nos deu Jesus, e são apenas uma parte do que Ele ensinou, tão poucas pessoas recebam o tremendo impacto dessas maravilhosas palavras de sabedoria.
Em toda a história do mundo foram dadas tantas e tão grandes afirmações como as que Ele ensinou; cada uma das quais, sendo usada conscientemente, contém a radiação específica que Ele alcançou. Portanto, não somente vós tendes este poder do “EU SOU”, como também sua assistência individual quando usais Suas afirmações. Sempre se deve conscientizar o verdadeiro significado destas afirmações do Mestre Jesus.
Quando conseguirdes compreender o pensamento, sentimento e expressão de vosso “EU SOU”, colocais em ação o poder de Deus sem limite algum; então recebereis o que desejais. Não deve ser nenhum problema para o estudante ver e compreender que a aparência externa nada mais é do que a distorcida criação do homem, o qual está acreditando que no exterior há uma fonte de poder separada, quando um momento de reflexão o fará ver que não existe senão um só Amor, uma só Inteligência e um só poder que pode atuar e que esse é Deus.
Os defeitos humanos e as discrepâncias externas não têm nada a ver com a Perfeição Onipresente de Deus, já que toda a imperfeição é somente criação do conceito exterior humano. Se o homem se voltasse para seu “Eu Superior”, sabendo que Ele é toda a Perfeição e que a aparência externa não passa de criação humana, pelo mau uso de seu Poder Divino, meditando sinceramente e aceitando a Perfeição de Deus, veria logo que em sua vida e experiências se manifestaria esta mesma perfeição.
Não há outra forma possível de trazer esta perfeição a vossa mente, corpo e existência, a não ser por meio da aceitação da Grande Presença de Deus em vós. Este reconhecimento fará com que o poder externo projete a perfeição de Deus em vossa experiência visível.
Dizei aos estudantes que Eu estou ensinando, como mensageiro da Luz, afirmações da Verdade que produzirão resultados positivos se as usardes e as mantiverdes sem vacilardes. Os metafísicos sabem que a Verdade não dá resultado porque hoje fazem as afirmações, e as esquecem durante toda a semana seguinte.
O desejo da Luz e Verdade é a Presença de Deus no desejo, projetando-se para a ação. Para alcançar iluminação usai esta frase: "EU SOU a plena compreensão e iluminação daquilo que quero saber e compreender".
No dia em que se abrirem vossos olhos e contactardes alguns desses maravilhosos Seres Ascensionados, a alegria permanecerá por toda a Eternidade. Se não aceitais a verdade, que tendes a habilidade para alcançardes isto, jamais conseguireis. No mo¬mento em que expressais "EU SOU" a Ressurreição e a Vida", imediatamente surge toda a energia de vosso ser até o centro de vosso cérebro, que é a fonte do ser individualizado. Eu não poderei aquilatar suficiente poder desta afirmação, pois não há limites para o que podeis fazer com ela. Foi a que usou Jesus em suas maiores provas.
Deveis saber que, quando decretais algo construtivo, é Deus que está vos impulsionando a agir. Sereis o mais néscio do mundo se perguntardes: "E vós comprovastes isto em vossa própria experiência?" Pois cada indivíduo tem que comprovar, por si mesmo, que nada significará para ele, até que faça a mesma experiência.
O sentimento traz consigo certa visão co-existencial. Às vezes a pessoa sente tal coisa com tanta claridade, que verdadeiramente a vê através do seu interior.
Na medida em que entrardes em estado de elevação, manifestareis simultaneamente o pensamento, o sentimento, a visão e a cor.
O som é harmonioso e tranqüilo. É por isso que a música mais melodiosa é calmante em seus efeitos, enquanto que a música ruidosa é inteiramente oposta.


____________________________________________________________________-
Pode encontrar este livro nesta biblioteca:
http://www.eusouluz.iet.pro.br/biblioteca/pafiledb.php?action=category&id=1&PHPSESSID=a424942a3a6122a7c39368856363ea37
http://www.eusouluz.iet.pro.br/

________________________________________________________________________________
Este livro , estes ensinamentos, dão uma ajuda preciosa em todos os momentos de nossas vidas.
Ajudam a manter um equilibrio que nos fortalece e harmoniza preparando-nos para encarar tudo que se nos apresente.
Só posso sentir gratidão por estes ensinamentos.

Gratidão também sinto por todos vós meus amigos e irmãos de caminhada, por vossa contribuição de amor neste Plano Maior.

Paz
VS
avatar
ViajanteSolitary

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Livro de Ouro

Mensagem  Luiz em Qui Out 07, 2010 6:29 am

MINHA CONTRIBUIÇÃO REPASSANDO:

( Livro de Ouro completo de facílimo acesso e leitura)

http://www.sintoniasaintgermain.com.br/livro.htm


avatar
Luiz

Sagitário Mensagens : 188
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

O LIVRO DE OURO

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Qui Out 07, 2010 3:15 pm

Bom dia a todos.

O LIVRO ALAQUÍMICO DE SAINT GERMAIN, editado pela Nova Era, é o mesmo que O LIVRO DE OURO, tenho os dois. Comparei os dois. Diferem em pouca coisa, deve ser entendimento do tradutor. Só, a mim parece que O LIVRO ALQUÍMICO é mais intelígivel, é mais fácil, é mais acessível. Já o tenho lido possivelmente mais de 20 vezes e agora o estamos estudando em um grupo de estudos.

Sem querer estrapolar os meus parcos conhecimentos, muito menos em desprezar o ensino do Cristo, ouso dizer que este livro é o Evangelho do Terceiro Milênio.

Saúde e paz

Miguel

Miguel Arcangelo Faccio

Áries Mensagens : 13
Data de inscrição : 10/08/2010
Idade : 72
Localização : Passo Fundo (RS)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Mensagem  Convidad em Qui Out 07, 2010 4:40 pm

Pedro Paulo escreveu:(1152.1) 105:0.1 MESMO para as ordens mais elevadas de inteligências do universo, a infinitude é compreensível apenas parcialmente, e a finalidade da realidade só é compreensível relativamente.

Documento 105 - 1. O Conceito Filosófico do EU SOU

(1152.4) 105:1.1 A causação primeira absoluta na infinitude é atribuída, pelos filósofos do universo, ao Pai Universal atuando como o infinito, o eterno e absoluto EU SOU.

(1152.6) 105:1.3 O EU SOU é o Infinito; o EU SOU é também a infinitude.

(1153.1) 105:1.4 Nenhuma qualificação pode ser aplicada ao Infinito, exceto afirmar que o EU SOU é.

(1153.2) 105:1.5 Para a mente finita, simplesmente deve haver um começo e, embora nunca tenha havido um começo real para a realidade, ainda há certas relações de fonte que a realidade mantém com a infinitude.

(1153.3) 105:1.6 Lembrai-vos sempre de que a compreensão que os homens têm do Pai Universal é a de uma experiência pessoal.

(1153.4) 105:1.7 O universo dos universos, com as suas inumeráveis hostes de personalidades que o habitam, é um organismo vasto e complexo, mas, a Primeira Fonte e Centro é infinitamente mais complexa do que os universos e as personalidades que se tornaram reais, em resposta aos mandados da Sua vontade.,

Ao admirardes a magnitude do universo-mestre, parai para considerar que, mesmo essa criação inconcebível, pode não ser nada mais do que uma revelação parcial do Infinito.

2. O EU SOU Enquanto Trino e Enquanto Sétuplo

(1153.6) 105:2.1 Considerando a gênese da realidade, tende sempre em mente que toda a realidade absoluta vem da eternidade, e que não tem começo de existência.

Por realidade absoluta, entendemos as três pessoas existenciais da Deidade, a Ilha do Paraíso e os três Absolutos.

(1154.4) 105:2.5 1. O Pai Universal.

EU SOU pai do Filho Eterno.

A personalidade absoluta do Filho torna absoluto o fato da paternidade de Deus e estabelece a filiação potencial de todas as personalidades.

(1154.5) 105:2.6 2. O Controlador Universal.

EU SOU a causa do Paraíso eterno.

O Pai Universal é Deus, enquanto é amor; o Controlador Universal é Deus, enquanto arquétipo.

Essa relação estabelece o potencial da forma — a configuração — e determina o modelo mestre do relacionamento impessoal e não-espiritual — o modelo mestre do qual todas as cópias são feitas.

(1154.6) 105:2.7 3. O Criador Universal.

EU SOU um com o Filho Eterno.

Esta união do Pai e do Filho (na presença do Paraíso) inicia o ciclo criativo, que é consumado no aparecimento da personalidade conjunta e do universo eterno.

Do ponto de vista finito do mortal, a realidade tem o seu verdadeiro começo com o aparecimento eterno da criação de Havona.

Esse ato criativo da Deidade é feito pelo Deus da Ação e por intermédio dele, que é, em essência, a unidade do Pai-Filho manifestada nos níveis, e para todos os níveis, do factual.

E, por isso, a divina criatividade é infalivelmente caracterizada pela unidade e essa unidade é o reflexo exterior da unicidade absoluta da dualidade de Pai e Filho e da Trindade do Pai-Filho-Espírito.

(1155.1) 105:2.8 4. O Sustentador Infinito.

EU SOU auto-associável.

Esta é a associação primordial da estática e dos potenciais da realidade.

Nessas relações, todos os fatores qualificáveis e inqualificáveis são compensados.

A noção que permite a melhor compreensão dessa fase do EU SOU é a do Absoluto Universal — o unificador da Deidade e dos Absolutos Inqualificáveis.

(1155.2) 105:2.9 5. O Potencial Infinito.

EU SOU autoqualificável.

Esta é a marca da infinitude que dá o testemunho eterno da autolimitação volitiva do EU SOU, em virtude da qual foi alcançada a auto-expressão, a auto-revelação tríplice.

Essa fase do EU SOU é geralmente compreendida como o Absoluto da Deidade.

(1155.3) 105:2.10 6. A Capacidade Infinita.

EU SOU estático-reativo.

Esta é a matriz sem fim, a possibilidade de toda a expansão cósmica futura.

A melhor maneira de conceber essa fase do EU SOU talvez seja a noção da presença da supergravidade do Absoluto Inqualificável.

(1155.4) 105:2.11 7. O Uno Universal da Infinitude.

EU SOU enquanto EU SOU.

Esta é a estase, ou a relação da Infinitude com ela própria, o fato eterno da realidade da infinitude e da verdade universal, que é a infinitude da realidade.

Já que essa relação é discernível, como personalidade, ela é revelada aos universos na figura do Pai divino de toda personalidade e mesmo da personalidade absoluta.

Já que essa relação é concebível como um absoluto, ela é revelada na primazia da Primeira Fonte e Centro; Nela, todos nós vivemos, nos movemos e temos os nossos seres, desde as criaturas do espaço aos cidadãos do Paraíso; e isso é verdadeiro tanto para o universo-mestre quanto para o ultímaton infinitesimal, e é tão verdadeiro sobre o que será e sobre o que é, tanto quanto sobre o que foi.

(1161.1) 105:7.19 [Apresentado por um Melquisedeque de Nébadon.]

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

As Afirmações Transfiguradoras de Jesus Cristo:

Mensagem  ViajanteSolitary em Qui Out 07, 2010 5:22 pm

As Afirmações Transfiguradoras de Jesus Cristo:


EU SOU O QUE EU SOU

EU SOU a porta aberta que nenhum homem pode fechar.

EU SOU a Luz que alumia todo o homem que vem ao mundo.

EU SOU o Caminho

EU SOU a Verdade

EU SOU a Vida

EU SOU Ressurreição

EU SOU a Ascensão na Luz

EU SOU a satisfação de todas as minhas presentes necessidade e carências

EU SOU matéria abundante derramada sobre toda a vida

EU SOU a visão e audição perfeitas

EU SOU a manifesta perfeição de Deus

EU SOU a ilimitável Luz de Deus evidenciada por toda a parte
EU Sou a Luz do Santo dos Santos

EU SOU um filho de Deus

EU SOU a Luz na sagrada montanha de Deus.


Retirado do livro:
(Estudos sobre a Alquimia A Ciência da auto-transformação – Saint Germain
Ditado ao mensageiro Mark L. Prophet)


...
______________________________________________________________________________________________
Agradeço amigo Luiz pelo endereço de Sintonia. http://www.sintoniasaintgermain.com.br/livro.htm

Agradeço também sua contribuição amigo Miguel Arcangelo. Completamente de acordo sobre a importância deste ensinamento.
Repare só nesta bela afirmação de Jesus que retirei do pequeno mas precioso livrinho 'Alquimia A Ciência da auto-transformação – Saint Germain'
No seu tempo Jesus já começou a infiltrar na consciência de massas a noção do EU SOU.




Última edição por ViajanteSolitary em Qui Out 07, 2010 5:32 pm, editado 1 vez(es)
avatar
ViajanteSolitary

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

EU SOU no livro de Urântia

Mensagem  ViajanteSolitary em Qui Out 07, 2010 5:29 pm

(5.11) 0:3.12 A Primeira Fonte e Centro está relacionada ao universo do modo como se segue:

(5.12) 0:3.13 1. As forças da gravidade dos universos materiais convergem para o centro de gravidade do Paraíso inferior. Este é exatamente o motivo pelo qual a locação geográfica da Sua pessoa é fixa eternamente, em relação absoluta com o centro de força-energia do plano inferior ou material do Paraíso. Todavia, a personalidade absoluta da Deidade existe no plano superior ou espiritual do Paraíso.

(5.13) 0:3.14 2. As forças da mente convergem para o Espírito Infinito; a mente cósmica diferencial e divergente converge para os Sete Espíritos Mestres; a mente do Supremo, no seu processo de factualização como experiência no espaço-tempo, converge para Majeston.

(5.14) 0:3.15 3. As forças espirituais do universo convergem para o Filho Eterno.

(5.15) 0:3.16 4. A capacidade ilimitada para a ação da deidade reside no Absoluto da Deidade.

(5.16) 0:3.17 5. A capacidade ilimitada de resposta de infinitude existe no Absoluto Inqualificável.

(5.17) 0:3.18 6. Os dois Absolutos — o Qualificado e o Inqualificável — são coordenados e unificados no Absoluto Universal e por ele.

(5.18) 0:3.19 7. A personalidade potencial de um ser moral evolucionário, ou de qualquer outro ser moral, está centrada na personalidade do Pai Universal.

(5.19) 0:3.20 REALIDADE, tal como compreendida pelos seres finitos, é parcial, relativa e vaga. O máximo de realidade da Deidade, plenamente compreensível pelas criaturas evolucionárias finitas, está abrangido no Ser Supremo. Entretanto, há realidades antecedentes e eternas, realidades suprafinitas, que são ancestrais dessa Suprema Deidade das criaturas evolucionárias do tempo e do espaço. Na tentativa de retratar a origem e a natureza da realidade universal, somos forçados a empregar a técnica do raciocínio tempo-espacial, de modo a atingir o nível da mente finita. Portanto, muitos eventos simultâneos na eternidade devem ser apresentados como operações seqüenciais.

(6.1) 0:3.21 Tendo em conta o modo como uma criatura tempo-espacial perceberia a origem e a diferenciação da realidade, o eterno e infinito EU SOU realizou a liberação da Deidade dos entraves que a prendiam à infinitude inqualificável, por intermédio do exercício do livre-arbítrio, inerente e eterno; e essa separação da infinitude inqualificável produziu a primeira tensão-divindade absoluta. Tal tensão do diferencial de infinitude é resolvida pelo Absoluto Universal, que funciona unificando e coordenando a infinitude dinâmica da Deidade Total e a infinitude estática do Absoluto Inqualificável.

(6.2) 0:3.22 Nessa transação original, o teórico EU SOU alcançou a realização da personalidade, ao converter-se no Pai Eterno do Filho Original, tornando-se, simultaneamente, a Fonte Eterna da Ilha do Paraíso. Em coexistência com a diferenciação entre o Filho e o Pai, e na presença do Paraíso, deu-se o surgimento da pessoa do Espírito Infinito e do universo central de Havona. Com o surgimento das Deidades pessoais coexistentes, do Filho Eterno e do Espírito Infinito, o Pai escapou, enquanto personalidade, da Sua difusão, que, de outro modo, seria inevitável, no potencial da Deidade Total. Daí em diante, apenas na Trindade, ou seja, apenas na associação com as suas duas Deidades iguais, é que o Pai preenche todo o potencial da Deidade, enquanto a Deidade crescentemente experiencial está se realizando nos níveis de divindade em Supremacia, Ultimidade e Absolutez.

(6.3) 0:3.23 O conceito do EU SOU é uma concessão filosófica que fazemos à mente finita do homem, presa que é do tempo e acorrentada que é ao espaço, dada a impossibilidade de a criatura compreender as existências eternas — as realidades e as relações sem começo nem fim. Para a criatura do espaço e do tempo, todas as coisas devem ter um começo, exceto apenas AQUELE INCAUSADO — a causa primeira das causas. Conceituamos, então, esse valor-nível filosófico como o EU SOU, instruindo, ao mesmo tempo, a todas as criaturas, que o Filho Eterno e o Espírito Infinito são co-eternos com o EU SOU; em outras palavras, que nunca existiu um tempo em que o EU SOU não tivesse sido o Pai do Filho e, junto com Este, Pai do Espírito.

(6.4) 0:3.24 O Infinito é usado para denotar a plenitude — a finalidade — , conseqüência da primazia da Primeira Fonte e Centro. O teórico EU SOU é uma extensão, à maneira filosófica da criatura, da “infinitude da vontade”, mas o Infinito é um valor-nível factual, representando a intenção, na eternidade, da verdadeira infinitude do livre-arbítrio absoluto e sem entraves do Pai Universal. Esse conceito, algumas vezes, é designativo do Pai-Infinito.

(6.5) 0:3.25 Grande parte da confusão que todas as ordens de seres enfrentam, das mais elevadas às inferiores, nos seus esforços para descobrir o Pai-Infinito, é inerente às suas próprias limitações de compreensão. A primazia absoluta do Pai Universal não é aparente para os níveis subinfinitos; sendo, portanto, provável que apenas o Filho Eterno e o Espírito Infinito conheçam verdadeiramente o Pai como uma infinitude; para todas as outras personalidades, tal conceito representa o exercício da fé.


http://www.urantia.org/pt/o-livro-de-urantia/introducao
http://www.urantia.org/pt/o-livro-de-urantia/titulos-dos-documentos

_______________________________________________________________________________--
Agradeço amigo Pedro pela nota do Livro de Urântia.
Fui ver e encontrei o endereço para ler esse livro também absolutamente necessário para abrir horizontes de consciência.

Que também já tem tópicos aqui no Fórum:
http://nominato.asiafreeforum.com/comunidade-familia-ascensao-http-nominatocombr-forum-index-f1/livro-de-urantia-t14.htm

Agradeço, imensamente, a todos vós pelas contribuições de amor

Aquela Paz
VS
avatar
ViajanteSolitary

Mensagens : 20
Data de inscrição : 07/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Mensagem  Convidad em Qui Out 07, 2010 10:09 pm

Olá ViajanteSolitary!

Obrigado e desculpe-me anteriormente por não ter citado o teu nome, citei somente o do mago!

Exatamente por ter lido "O Livro de Ouro de Saint Germain que eu duvidei de algumas mensagens negativas postadas aqui no fórum em seu nome.

Sempre achava Saint Germain parecido com o Jesus Cristo, aquele tradicional.

Tanto que que há um tempo atrás, na época que eu praticava os seus ensinamentos, após ter gastado muita energia para poder construir minha atual residencia, tive um sonho e não sabia descrever se era Saint Germain ou se era Jesus Cristo.

No sonho eu ia subindo, numa aspiral de luz e cor e com uma música ao fundo, alguém parecido com ele(s), com uma voz clara e firme, me parabenizava por mais um etapa alcançada na vida.

Uma ótima quinta-feira!




Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Mensagem  fadinha em Sex Out 08, 2010 8:19 pm

Olá...

Entender corretamente o que é o Eu Sou é um privilégio de quem lê Saint Germain. O primeiro livro que eu li foi Mistérios Desvelados e foi uma surpresa! pensei que estivesse lendo contos da carochinha...porém a leitura foi acompanhada por uma demonstração tão grande do que eu lia que, eu que sou muito incrédula, tive que acabar por acreditar. Eu digo que preciso ver para acreditar e isso é verdade, mas pode ser ouvir e sentir cheiro também...
Desculpem a piadinha mas é que ando muito feliz.
Nessa época maravilhas aconteceram e, em parte credito isso à grande entrada de Luz que teve na terra em 1992 e também ao local em que eu morava que é o bairro Santa Genebra, na cidade de Campinas, onde hoje tem romaria para um Santuário carregadinho de Luz, graças e bençãos, mas, tal qual Aparecida, os milagres são anteriores a ele, um chacra da Terra, com certeza.

Miguel... você disse...concordo com você mas é preciso atualizar a linguagem do livro para um melhor entendimento.
Para mim...sei de cor, amo de paixão.

fadinha


maria elisa

fadinha

Mensagens : 59
Data de inscrição : 09/09/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O LIVRO DE OURO DE SAINT GERMAIN

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum