COMUNIDADE FAMILIA ASCENSAO
SAUDAÇÕES QUERIDA FAMILIA.
PARA CONHECER OS DEBATES E PARTILHAS ANTERIORES VISITE O LINK
http://nominato.com.br/forum/index.php

ATENÇÃO :
APÓS FAZER O REGISTRO, VÁ NA SUA CAIXA DE EMAIL E "ATIVE" SUA CONTA.
VOLTE AO FÓRUM E CLIQUE "LOGIN" NOME E SENHA "MANTER CONECTADO". PARA FUGIR DAS PROPAGANDAS.


DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Luiz em Sab Set 18, 2010 6:26 am

Olá Luiz achei tão lindo que postei lá no outro Distrito para o pessoal conferir.
Demais irmão brigada pelo presente.
Namastê

OBRIGADO ODE E RAIO DE LUAR, AGORA OLHEM ISSO:

Amigos, leoa e suricato dormem abraçados

Leoa 'Zinzi' e suricato 'Bob' são inseparáveis.
Eles vivem no safári 'Predator World' na África do Sul.
Do G1, em São Paulo

Após ser rejeitada por sua mãe, a leoa "Zinzi" passou a ser cuidada pelos funcionários do safári "Predator World" em Sun City, na África do Sul. E para surpresa dos funcionários do safári, "Zinzi" acabou criando uma amizade inusitada com o suricato "Bob". Os dois são inseparáveis e chegam a dormir abraçados, segundo a agência de notícias "Barcroft Media








http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2010/09/amigos-leoa-e-suricato-dormem-abracados.html
avatar
Luiz

Sagitário Mensagens : 188
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Sab Set 18, 2010 7:12 pm

Nossa Luiz não tem coisa mais maravilhosa que isso... confesso a ti irmão de jornada que para os protetores animais todo esse amor que vemos no reino animal nos servem de inspirarão e alerta que muito temos que apreender com eles... eu acho que mais nós com eles do que eles com nós.
Brigada.
Na
mastê.




Luiz escreveu:
Olá Luiz achei tão lindo que postei lá no outro Distrito para o pessoal conferir.
Demais irmão brigada pelo presente.
Namastê

OBRIGADO ODE E RAIO DE LUAR, AGORA OLHEM ISSO:

Amigos, leoa e suricato dormem abraçados

Leoa 'Zinzi' e suricato 'Bob' são inseparáveis.
Eles vivem no safári 'Predator World' na África do Sul.
Do G1, em São Paulo

Após ser rejeitada por sua mãe, a leoa "Zinzi" passou a ser cuidada pelos funcionários do safári "Predator World" em Sun City, na África do Sul. E para surpresa dos funcionários do safári, "Zinzi" acabou criando uma amizade inusitada com o suricato "Bob". Os dois são inseparáveis e chegam a dormir abraçados, segundo a agência de notícias "Barcroft Media








http://g1.globo.com/planeta-bizarro/noticia/2010/09/amigos-leoa-e-suricato-dormem-abracados.html
flower cheers

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Seg Set 20, 2010 10:36 pm

Vitória nos EUA
Laboratório fecha após investigação da PETA e 200 animais são libertados
20 de setembro de 2010

Por Giovanna Chinellato (da Redação)


Foto: BUAV

Grupos em defesa dos animais frequentemente se infiltram em lugares horríveis como laborátorios de teste em animais, fazendas de pele e matadouros, e saem de lá com vídeos de terror. É difícil assistir às filmagens, mas é mais difícil ainda ver a evidência passar pelas burocracias legais e políticas enquanto todo o sofrimento continua. Entretanto, essa semana uma investigação da PETA sobre os abusos num laboratório da Carolina do Norte levaram o lugar a fechar as portas e libertar 200 animais.

Segundo informações da Animals Change, um investigador da PETA passou nove meses trabalhando nos canis da Professional Laboratory and Research Services, uma companhia contratada para testar inseticidas e outros químicos. As farmacêuticas da PLRS incluem a Bayer, Eli Lilly, Novartis, Schering-Plough (agora Merck), Sergeant’s, Wellmark e Merial (que produz Frontline). Esse é o lado negro da medicina veterinária, a maior parte dos tutores consome essas marcas.


Foto: Reprodução/Animals Change

A investigação da PETA mostrou um vício e um ciclo de crueldades por parte dos funcionários para com os animais. Eles gritavam e amaldiçoavam os bichos assustados. Trabalhadores foram vistos maltratando gatos e acertando cães com mangueiras de pressão, com sabão, para “limpá-los”. Mas os canis nunca ficaram realmente limpos e muitos cães tinham feridas de viver no concreto molhado e em meio às próprias fezes.

Não havia veterinário na equipe, então os funcionários “tratavam” os animais por conta própria. Em um caso, um anestésico vencido foi dado a um cão que extrairia o dente, e quando ele mostrou sinais de estar com dor, o procedimento prosseguiu sem hesitação. Num teste de toxicidade, gatos tiveram reações imediatas e violentas a químicos aplicados em seu pescoço, mas o teste não foi interrompido – mais tarde no mesmo dia foi dada uma segunda dose.

A PETA liberou o resultado da investigação e preencheu uma queixa contra a USDA. Apenas uma semana depois, a PLRS fechou as portas, eles não farão mais testes e abriram mão de todos os animais. Mas isso não quer dizer que sumiram do mapa – a USDA abriu uma investigação oficial e a PETA entregou as evidências a um promotor local.

Marc Bekoss, que foi conselheiro da campanha, está extremamente feliz em ver que o abuso chega ao fim e que algo está sendo feito contra a empresa. “Esses seres que sentem dor nunca deveriam passar por isso”, ele diz. “Aposto que ninguém entregaria seu animal de estimação a essa companhia.”

Os quase 200 cães e dezenas de gatos que eram mantidos pela PLRS não são diferentes daqueles que temos aos nossos pés em casa, mas, como diz a PETA, “eles viviam confinados, sem alegrias, sem coçadinhas atrás da orelha, sem companhia, sem qualquer palavra gentil”.

Porém, não mais. Oficiais estão trabalhando para conseguir lares verdadeiros para eles. O caso contra a PLRS apenas começou, e esse é um dentre milhares de laboratórios que conduzem testes cruéis. Mas, para esses cães e gatos, um novo capítulo começa e estão prestes a ter a vida que sempre mereceram.

Nam
astê.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Luiz em Qui Set 23, 2010 5:04 am

Homem é flagrado abandonando cadela em parque no Reino Unido

Circuito de segurança flagrou fuga; autoridades querem processar o dono.
Da BBC
imprimir
Autoridades de Dorset, na Grã-Betanha, querem identificar e processar um homem que foi flagrado abandonando uma cadela em um parque.
O circuito interno de vídeo de um prédio próximo capturou cenas que mostram um homem levando a sua cachorra para passear no parque. Assista ao vídeo.
Mas momentos depois, ele volta e entra no carro sozinho, partindo em seguida.
O animal, com dificuldades de andar sobre a estrada pavimentada por estar com unhas compridas demais por falta de corte, assiste à cena do gramado.
A cadela, apelidada de Ginger, agora está em busca de um novo lar.


http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/09/homem-abandona-cao-em-parque.html
avatar
Luiz

Sagitário Mensagens : 188
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 59
Localização : Rio de Janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re:DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITULIDADE

Mensagem  Convidad em Qui Set 23, 2010 8:38 pm

Olá Luiz essa é uma situação de covardia e descaso onde esse cidadão abandona essa criatura linda a própria sorte.
E o pior é que vemos esses mesmos cidadãos se dizendo humanos, querendo dizer que tem sentimentos de solidariedade esse tipo de pessoa não pode ser solidário nem consigo mesmo que dirá com os animais e isso é lamentável .
E o tempo dirá o que pode colher em sua vida um pessoa que maltrata e despreza os animais pensando só em sim próprio... sem se preocupar com os sentimentos que essa pobre cachorrinha nutriu em seu coração ao presenciar uma covardia dessa.
Com toda certeza ela sentiu um sentimento de total tristeza perante o abandono.
Mas rezemos para que ela encontre um novo lar de pessoas que a ame e a respeite, com essa carinha linda que ela tem não vai ser dificil.


Nam
astê.
]









Luiz escreveu:Homem é flagrado abandonando cadela em parque no Reino Unido

Circuito de segurança flagrou fuga; autoridades querem processar o dono.
Da BBC
imprimir
Autoridades de Dorset, na Grã-Betanha, querem identificar e processar um homem que foi flagrado abandonando uma cadela em um parque.
O circuito interno de vídeo de um prédio próximo capturou cenas que mostram um homem levando a sua cachorra para passear no parque. Assista ao vídeo.
Mas momentos depois, ele volta e entra no carro sozinho, partindo em seguida.
O animal, com dificuldades de andar sobre a estrada pavimentada por estar com unhas compridas demais por falta de corte, assiste à cena do gramado.
A cadela, apelidada de Ginger, agora está em busca de um novo lar.


http://g1.globo.com/mundo/noticia/2010/09/homem-abandona-cao-em-parque.html
No

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re:DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITULIDADE

Mensagem  Convidad em Sab Set 25, 2010 8:11 pm

Almada
Maus-tratos e péssimas condições de higiene motivam protestos em canil de Portugal
25 de setembro de 2010

Contra a existência de um canil particular que classificam como um “campo de concentração”, cidadãos da Charneca de Caparica, em Almada, realizaram hoje por volta das 11h (horário local) uma manifestação visando denunciar os maus-tratos a que os animais estão sujeitos, más condições de higiene e salubridade.


Protesto contra maus-tratos e péssimas condições (Foto: CM)
Helena Fraga, uma das organizadoras do protesto, considera ser “lamentável a falta de condições de higiene” do canil de Vale Cavala. “Os animais estão encarcerados em espaços exíguos e imundos, com a água e a comida em recipientes nojentos. Há animais recém-nascidos que são comidos pelas ratazanas e o proprietário não alimenta os cães. Há uma vala onde enterra os cães”, afirma Helena.

“Contactamos a câmara, que nos informou não ser responsável pela fiscalização do canil. Denunciada a situação à Autoridade de Segurança Alimentar e Econômica, até hoje nada foi feito.” Também Isabel Cerdeira, que conhece o interior do canil, diz que “os animais vivem em espaços escuros”.


Proprietário do canil nega as acusações de que é alvo (Foto: CM)

Essas condições são desmentidas pelo veterinário Carlos Antunes, que diz que “todos os cães são vacinados e bem tratados”. Acrescenta que não entra no canil há “alguns anos”.

José Costa, proprietário do espaço, não quis prestar declarações presencialmente, mas pelo telefone assegurou que vai receber os manifestantes com os seus vinte cães, “para que todas as pessoas vejam que estão bem tratados, gordos e bonitos”. “É indecente acusarem-me de criminoso.”

Durante o protesto os ânimos exaltaram-se e o proprietário, José Costa, fez ameaças a alguns dos manifestantes.

Com informações do Correio da Manhã

Fonte Anda.


Nama
stê.
Mad

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Seg Set 27, 2010 6:43 pm

Mais vítimas
Cão morre e outros 30 animais passam mal após vacina no ES
27 de setembro de 2010

Um cão da raça poodle acabou morrendo e outros 30 animais passaram mal após serem vacinados contra a raiva, neste sábado (25), no ES. Poucas horas após receberem a injeção, gatos e cães de pequeno porte apresentaram reações, como febre alta, perda de apetite, dor e apatia. Apesar do número de casos, a vacinação não deverá ser suspensa.

A clínica Prontovet, em Jardim Camburi, Vitória, ficou cheia na manhã de domingo. Até a tarde de ontem, pelo menos 15 animais foram atendidos, apresentando reações após a vacina. O veterinário Lucas Coelho, que estava de plantão, diz que dor e febre são normais após certos tipos de injeção, mas não na intensidade que os animais estavam sentindo. Ele acredita que a vacina deve ser investigada. “Pensam na saúde pública, mas não na saúde dos animais”, afirma.

Na mesma noite em que tomou a vacina, o yorkshire de Andressa Rodrigues passou por maus momentos. O bichinho teve tremedeira, febre e apatia, o que levou a tutora a ter que procurar um veterinário. O animal chegou a tomar soro para se recuperar. Além do susto, Andressa reclama do ônus financeiro. “Não orientaram nada sobre essa vacina e nós é que temos que arcar com o prejuízo”, reclama.

A professora Viviane Nielsen teve que desembolsar R$ 300 para recuperar a saúde de seu cãozinho. “Ela estava muito bem, e após tomar a vacina até carne rejeitou. Disseram que não havia problema nenhum em tomar a injeção, no máximo uma dor no local. Não foi o que eu vi”.

O veterinário Anderson Borsoi, que atende na clínica Centrovet, na Praia do Canto, recebeu cerca de 15 ligações, durante o fim de semana, de tutores de animais reclamando da situação. Oito precisaram de atendimento. Para Borsoi, esse número é alto, o que é alarmante.

Apesar das reclamações em clínicas da Capital e do histórico de casos no Rio de Janeiro e em São Paulo, que suspendeu a vacinação por tempo indeterminado, poucas ocorrências chegaram aos centros de controle de zoonoses (CCZ) da Grande Vitória. E sem esse registro a aplicação do medicamento não pode ter sua suspensão avaliada, explicou a veterinária dos CCZs de Vitória e Serra, Carla Cavalcante Teixeira.

Carla garante que foram solicitadas informações ao Ministério da Saúde, que liberou a vacinação no Estado. Ainda assim, houve a preocupação de manter disponíveis medicamentos para conter as reações. Mas não houve procura.

A gatinha Cindy não conseguia sair da cama

Gisele Holanda Prescholdt tem três gatas e todas passaram mal. No entanto, Cindy foi a que ficou pior. “Na noite do sábado eu percebi que ela não levantava nem mesmo para se virar, aí fiquei mais preocupada”, conta. Em um primeiro momento, além do temor pela saúde do bichinho de estimação, Gisele chegou a pensar que a reação pudesse fazer mal até mesmo às pessoas que estavam em volta do animal, no que foi tranquilizada pelo veterinário. Ainda assim, ficou o susto.

Fique atento aos sintomas do animal

O animal que apresentar febre e dor em reação à vacina pode receber os primeiros cuidados em casa, por meio do analgésico Dipirona e de compressas de água morna no local em que foi aplicada a injeção.

Em caso de tremor muscular, perda total de apetite, mudança drástica de comportamento do animal ou persistência dos sintomas por mais de 24 horas, os tutores devem procurar ajuda

A médica veterinária dos CCZ de Vitória e Serra garante que, ao saber dos casos de São Paulo, notas técnicas do Ministério da Saúde liberaram a vacinação. Ainda assim, houve a preocupação de manter medicamentos disponíveis para conter as reações.

Em Vitória, duas reclamações foram feitas oficialmente. Na Serra, onde há rumores de óbitos de animais, a médica veterinária do CCZ do município disse que não chegou nenhuma informação que confirme a situação. Em Vila Velha, que deve ter mais uma etapa de vacinação no próximo sábado, não há ocorrência de nenhum caso.

CCZs no ES

CCZ Serra
Rodovia ES 10 Km 02 – Jardim Limoeiro. Tel: 3281-9288.
CCZ Vila Velha
Av. Carlos Lindenberg, s/n°. Tels: 3226-9499, 3226-9777.
CCZ Vitória
Contato através do fala Vitória, no número 156, ou pelos números 3382-6751 e 3382-6752.
CCZ Cariacica
Rua das Carmélias, Campina Verde. Tels: 3346-6518, 3346-6519.

Fonte: Gazeta do Povo
Na
mastê. : Question Rolling Eyes

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re:DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITULIDADE

Mensagem  Convidad em Ter Set 28, 2010 3:47 am

flower bounce

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Qua Set 29, 2010 10:18 pm

Nota a esse video: tudo é equilibro tudo na medida certa nem pra mais nem pra menos.
Para que os nossos animais também não sofra as conseqüências de nossas carências é exatamente isso que Gasparetto quer nos most
rar.




flower sunny

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Qua Set 29, 2010 10:25 pm

Este é o meu legado o apelo de minha alma.









flower cheers bounce


Última edição por Raio de luar em Qui Set 30, 2010 9:31 pm, editado 1 vez(es)

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Qui Set 30, 2010 9:31 pm

Simplesmente Maravilhoso!!
Beijos de luz aos coraç
ões.



flower sunny

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Ter Out 05, 2010 1:27 am

Vítimas do descaso público
Vigilância Sanitária de Florianópolis (SC) dá parecer contrário ao PL que cria casas de apoio para animais abandonados
04 de outubro de 2010

A Vigilância Sanitária deu parecer contrário ao projeto de lei que cria as casas de apoio para animais abandonados. Agora a matéria retorna para a avaliação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

De acordo com o gerente da Vigilância Sanitária Thiago Monteiro, a proposta não conta com parâmetros de zoneamento, tamanho de terreno e questões de saneamento básico necessários para legalizar a situação sem trazer danos à saúde pública.

“Se o projeto for aprovado do jeito que está, qualquer amigo de animais vai ter quantos bichos quiser, do jeito que puder”, alerta Monteiro.

Em junho deste ano, a Coordenadoria de Bem-Estar Animal recolheu 60 gatos e um cachorro abandonados em uma casa no Centro, em Florianópolis. Uma mulher de 66 anos os mantinha no ambiente. Os vizinhos fizeram a denúncia depois que ela ficou mais de uma semana sem alimentar os bichos.

“Para solucionar o problema dos animais de rua, é preciso uma discussão ampla com a participação de toda a sociedade”, diz Monteiro.

A coordenadora do Bem-Estar Animal, Maria da Graça Dutra, confirma que não há como hospedar os cães e gatos abandonados no Centro de Zoonoses da prefeitura da Capital. A entidade foca o trabalho na castração oferecida para animais de moradores de baixa renda.

Fonte: Diário Catarinense

Raios
de Luz : :

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Sab Out 09, 2010 12:05 am

Trabalhando pela vida/Borneo
Mulher faz campanha para salvar orangotangos da caça e do comércio
08 de outubro de 2010

Por Giovanna Chinellato (da Redação)

Seu olhar explicita um apelo único. Mely, a orangotango fêmea, senta-se curvada, deprimida, acorrentada. A visão é triste.

Há quinze anos, quando era apenas uma bebê, ela foi retirada de sua casa na floresta por um pescador que matara sua mãe a tiros. Ele aprisionou Mely e a manteve viva, acorrentada com cadeados na varanda de sua cabana na margem do rio Sambas em Borneo. Por quê? Porque turistas pagam ao pescador para vê-la.



Mely está tão fraca que seus longos braços, que deveriam estar levantando-a em ramos de árvores da fazenda, não conseguem nem sustentá-la de pé. Ela está constantemente acorrentada e é alimentada com “porcarias” do tipo miojo cru, tempero para chilli e coisas que as pessoas dão. O resultado é que ela vive com dor.

Lis Key, da International Animal Rescue, uma ONG de Sussex, foi a primeira a saber da situação de Mely assistindo a um documentário da BBC-TV Panorama sobre a expansão do plantio de palmeiras que devastou o habitat dos orangotangos.

Os fazendeiros, junto a firmas de mineiração, têm queimado tão impiedosamente as florestas de Borneo e Sumatra que países vizinhos chegam a reclamar da fumaça.

Muitas pessoas se preocupam com as implicações climáticas. Lis se preocupa com as implicações para os orangotangos, especialmente para Mely. Ela decidiu fazer de tudo para resgatá-la e levá-la para um santuário.

Viajando para a Indonésia, Lis encontrou o pescador, que ofereceu Mely por £300 – mas Lis sabe que é ilegal comercializar orangotangos. Logo, preocupou-se que, se a ONG pagasse o resgate de Mely, incentivaria mais locais a aprisionarem orangotangos e tentarem vendê-los.

Em vez disso, a entidade espera que um guarda florestal do governo da Indonésia seja enviado para resgatar Mely. Enquanto isso, Lis embarcou numa cruzada para expandir o centro de reabilitação da Animal Rescue de Borneo, que já está lotado.

Orangotangos são extremamente inteligentes e compartilham 97% do nosso DNA. Sem dúvida, é por isso que os indígenas da Malásia os chamaram de “Orang Hutan” – traduçao literal: Pessoas da Floresta. Em 1900, existiam mais de 315 mil orangotangos selvagens. Hoje, menos de 50 mil.

Conforme eles pulam de galho em galho, gritam para que outros saiam do caminho e não haja trombadas. Eles comem mangas, insetos, casca de árvore e folhas.



Com quinze anos, Mely deveria estar na plenitude da juventude, já que orangotangos tipicamente vivem 45 anos. Enquanto aguarda seu resgate, acorrentada ao pilar da sacada, ela dedilha o cadeado como que esperando que um dia ele se abra.

“Ela é magra, mas continua um animal esplêndido. Meu coração se parte em vê-la assim”, lamentou Lis.

Mely é um grande primata, mas tudo de que ela precisa agora é um pouco de humanidade.



Para visitar a International Animal Rescue, clique
aqui.
Sad

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Miguel Arcangelo Faccio em Sab Out 09, 2010 3:52 pm

Raio de Luar, bom dia

Há bastante tempo queria trazer uma parte de uma mensagem do Mestre Kuthumi, onde conta uma parte de sua vida. Está no Livro: OS SETE MESTRES Suas Origens e Crenças, canalisado por Maria Silvia P. Orlovas. Editora Madras, 6ª Edição, pgs. 105 e 106.

A VIDA DO Mestre Kuthumi
“Eu nasci com o dom de ver....”

E na solidão, de minha vida, eu perguntava:
Deus da minha alma, por que me faz isso?
Por que me faz ver o mundo tão feio?
Por que não sou como os outros?
Por que me abres essas portas, que não sei fechar?
Por que me deixas sofrer tanto, se vos amo, do fundo da minha alma?

E um dia, na mais absoluta solidão – eu já não tinha mais vontade de de alimentar nem de chorar, e nem fé no Altíssimo eu tinha mais – e nesse momento aproximou-se de mim um cão vadio. E esse animal era só Luz. Ele não tinha nenhuma treva, nenhuma escuridão. Ele era Infinita Luz. E sentou-se ao meu lado sem nada pedir, sem olhar minhas vestes. Vestes de um nobre, nem os olhos tristes de quem vê aquilo que não deve ver. Senti vir dele a chama mais calorosa e permeada de amor que nenhuma mulher, nem um amigo, e nem sequer o colo de minha mãe tinham me oferecido.

E, assim, abri os meus braços e senti uma gota de liberdade e de esperança brotarem dentro de mim.
E eu disse:
Pai, és, então um cão?
Pai, estas, então, nos animais?
E neste momento aproximaram-se de mim aqueles pássaros que chegam nos campos para comer os restos de grãos, e formaram um grande círculo à minha volta. E eu vi luz. E eu vi glória. E eu vi verdade. E eu vi amor.
Foi esta forma que o Divino me tocou e me disse da sua existência.
E eu não tive mãos humanas capazes de me amar, eu tive a presença de todos aqueles que não precisavam de vestes, de roupas, de luxo, de belezas temporais e de falsos humores. Eu fui amado.... Muito mais do que eu tive a capacidade de amar.
E os que me viram antes chorar passaram a me ver sorrindo.
E os que me viram antes sofrer passaram a me ver cheio de alegrias.
Passei a alimentar os animais, e me despi de tudo: das minhas vestes, dos meus enganos, dos meus luxos... De todos os excessos... E eu me vesti de luz. Dessa mesma luz que eu tinha tanto medo de fazer brilhar no meu coração. Porque eu não tinha encontrado até então ninguém igual a mim.
Eu vi a minha igualdade nos pássaros, nos bichos, nos campos de trigo, na terra fertilizando.
E eu disse, então:
Pai, você existe! Eu amo a tua beleza. Eu amo aquilo que eu não compreendo. Eu amo as lições que me ensinas, e o sofrimento que me promoves.
E assim eu me tornei quem sou: O Protetor dos Animais.


(Em uma das encarnações Kuthumi foi São Francisco de Assis)

Saúde a paz.
Miguel

Miguel Arcangelo Faccio

Áries Mensagens : 13
Data de inscrição : 10/08/2010
Idade : 73
Localização : Passo Fundo (RS)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Sab Out 09, 2010 5:00 pm

Meu querido irmão Miguel Arcangelo!! que bela visita me brindou com essa mensagem magnífica onde me conforta muito saber que Mestre kuthumi além de ter tido uma bela oportunidade de aprendizado juntos aos animais, não só absorveu isso no amago de seu ser...mas se tornou o Protetor Animal que é São Francisco de Assis realmente um presente que me deixou emocionada... muito obrigada por essa emoção que para mim é o maior dos presentes porque me faz apreender mais com todos vocês.
Porque falo isso porque você sabe, dentro da proteção animal vemos muita coisa que nos deixam tristes... mas também tem muitas coisas que nos deixam alegres e nos motiva a continuar a caminhada.
Volte mais vezes sua presença muito me honra.
Raios de L
uz.



Miguel Arcangelo Faccio escreveu:Raio de Luar, bom dia

Há bastante tempo queria trazer uma parte de uma mensagem do Mestre Kuthumi, onde conta uma parte de sua vida. Está no Livro: OS SETE MESTRES Suas Origens e Crenças, canalisado por Maria Silvia P. Orlovas. Editora Madras, 6ª Edição, pgs. 105 e 106.

A VIDA DO Mestre Kuthumi
“Eu nasci com o dom de ver....”

E na solidão, de minha vida, eu perguntava:
Deus da minha alma, por que me faz isso?
Por que me faz ver o mundo tão feio?
Por que não sou como os outros?
Por que me abres essas portas, que não sei fechar?
Por que me deixas sofrer tanto, se vos amo, do fundo da minha alma?

E um dia, na mais absoluta solidão – eu já não tinha mais vontade de de alimentar nem de chorar, e nem fé no Altíssimo eu tinha mais – e nesse momento aproximou-se de mim um cão vadio. E esse animal era só Luz. Ele não tinha nenhuma treva, nenhuma escuridão. Ele era Infinita Luz. E sentou-se ao meu lado sem nada pedir, sem olhar minhas vestes. Vestes de um nobre, nem os olhos tristes de quem vê aquilo que não deve ver. Senti vir dele a chama mais calorosa e permeada de amor que nenhuma mulher, nem um amigo, e nem sequer o colo de minha mãe tinham me oferecido.

E, assim, abri os meus braços e senti uma gota de liberdade e de esperança brotarem dentro de mim.
E eu disse:
Pai, és, então um cão?
Pai, estas, então, nos animais?
E neste momento aproximaram-se de mim aqueles pássaros que chegam nos campos para comer os restos de grãos, e formaram um grande círculo à minha volta. E eu vi luz. E eu vi glória. E eu vi verdade. E eu vi amor.
Foi esta forma que o Divino me tocou e me disse da sua existência.
E eu não tive mãos humanas capazes de me amar, eu tive a presença de todos aqueles que não precisavam de vestes, de roupas, de luxo, de belezas temporais e de falsos humores. Eu fui amado.... Muito mais do que eu tive a capacidade de amar.
E os que me viram antes chorar passaram a me ver sorrindo.
E os que me viram antes sofrer passaram a me ver cheio de alegrias.
Passei a alimentar os animais, e me despi de tudo: das minhas vestes, dos meus enganos, dos meus luxos... De todos os excessos... E eu me vesti de luz. Dessa mesma luz que eu tinha tanto medo de fazer brilhar no meu coração. Porque eu não tinha encontrado até então ninguém igual a mim.
Eu vi a minha igualdade nos pássaros, nos bichos, nos campos de trigo, na terra fertilizando.
E eu disse, então:
Pai, você existe! Eu amo a tua beleza. Eu amo aquilo que eu não compreendo. Eu amo as lições que me ensinas, e o sofrimento que me promoves.
E assim eu me tornei quem sou: O Protetor dos Animais.


(Em uma das encarnações Kuthumi foi São Francisco de Assis)

Saúde a paz.
Miguel
flower I love you

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Dom Out 10, 2010 11:50 pm

Vive na Europa
Melro-das-rochas, a pequena ave das penas azuis
10 de outubro de 2010


Chega em Portugal nos meses de Verão para se reproduzir, apesar de não haver um número preciso sobre a quantidade de indivíduos que migram a cada temporada. É uma espécie ameaçada.

O melro-das-rochas é uma das aves mais difíceis de se observar. O seu habitat, sempre a mais de 800 metros de altura e em zonas rochosas, de vegetação rasteira, a faz também uma espécie pouco disseminada em Portugal. Mas, é um dos pássaros mais admirados (e procurados) pelos observadores de aves. Isso deve-se aos tons vivos azuis e alaranjados do macho, que são um autêntico espetáculo visual.

A penugem de cores exuberantes é por causa da necessidade do macho em demarcar e defender o território. Já a fêmea apresenta tons mais discretos, para evitar a aproximação de predadores dos ninhos. E é apenas durante o período de nidificação que pode ser observada, entre os meses de Abril e Agosto.

“Trata-se de uma espécie migradora, que vai da África para a Europa Mediterrânica, exclusivamente para se reproduzir nessas áreas”, explica Paulo Travassos, colaborador do Laboratório de Ecologia Aplicada da UTAD (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro).

Apesar da sua ampla distribuição pelo mundo, que vai desde a Península Ibérica até à Ásia, “existe um número muito reduzido em Portugal, entre os 250 e os 2500 indivíduos”. A espécie procura as serras, sobretudo ao Norte e Centro de Portugal, “para cima da Serra de Aire e Candeeiros”, diz Paulo Travassos. De acordo com o Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal, o Parque Nacional da Peneda Gerês e a serra da Estrela apresentam populações de várias dezenas de casais, já na zona do Alvão-Marão, há registros da existência apenas de três a oito casais. Em toda a Europa, a espécie atinge um número que supera os cem mil casais.

No entanto, segundo o portal de aves, www.avibirds.com, “houve um declínio moderado entre 1970 e 1990. Apesar de ter estabilizado ou crescido em várias zonas da Europa entre 1990 e 2000, sofreu um declínio geral e a população ainda não recuperou o número de exemplares de antes do início do declínio”.

A espécie encontra-se classificada como “Em Perigo”. Paulo Travassos explica que “qualquer alteração no seu habitat ou mortalidade acentuada destes indivíduos, pode comprometer o futuro da espécie”. O fato de o melro-das-rochas se encontrar em diminuição é preocupante, uma vez que, “quando as populações animais desaparecem, geralmente significa que existe algum problema nos seus limites e ela vai sendo reduzida até ao seu núcleo”, acrescenta.

Em Portugal, o fato de existirem poucas zonas rochosas isoladas acima dos 800 metros piora o quadro de desaparecimento da espécie nessa região. No entanto, as ameaças nas zonas de maior altitude podem também estar relacionadas com o potencial interesse geológico da zona. Paulo Travassos explica que a espécie está “muito relacionada com zonas de xisto, de granito ou mesmo de calcário, que pode ser perigoso, pela sua destruição”. Além disso, são locais favoráveis à instalação de parques eólicos, o que “pode provocar a exclusão das aves pelo tamanho da estrutura móvel e pelo ruído”.

Font
e: DN


Rolling Eyes

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Seg Out 11, 2010 10:17 pm

VIBRAÇÕES POSITIVAS A TODO O REINO ANIMAL.
Raios de Luz. flower sunny :h
eart:




animais - Recados Para Orkut



Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Ter Out 12, 2010 10:49 pm

Pequeno e consciente
Jovem ator de “Passione” dá exemplo de respeito e compaixão pelos animais
12 de outubro de 2010

O jovem ator Edoardo Dell’Aversana, que faz o personagem Dino na novela Passione, é um apaixonado por animais. Em visita a uma fazenda, o menino se encantou com porquinhos-da-índia, coelhos e mostrou toda a sua coragem ao dividir um pão com os patos.


Foto: Reprodução/Ego Notícias

Roberta, a mãe de Edoardo, contou que o menino de cinco anos realmente gosta e respeita os animais, e por conta disso não quer mais comer carne. “Ele tem pena de saber que o animal que está no prato está morto. No supermercado, ao ver a carne com sangue, não me deixa comprá-la. Antes de comer, sempre pergunta: ‘Mãe, que bichinho era esse?’. Ele quer parar de comer carne, mas acho que ainda é cedo”, disse Roberta, ainda não acompanhando a consciência e a compaixão do filho, que já caminha naturalmente para uma dieta vegetariana e livre de sofrimento.

Quando ele tinha um ano, ela adotou o labrador Othis, que hoje está com 4 anos e ficou na cidade da Itália onde vivem, Pádova, a meia hora de Veneza. Enquanto o pai, o italiano Andrea, não agiliza a mudança da família para São Paulo, cidade de Roberta, o cachorro mata as saudades de Edoardo dormindo no tapete do quarto do garoto. “Edoardo e Othis cresceram juntos. Os dois não se largam e brincam de tudo: na cabana do seu quarto, de esconder e pegar bolinhas… São apaixonados um pelo outro”, contou a mãe.


Foto: Reprodução/Ego

Na Fazendinha, alegre e destemido, Edoardo alimentou coelhinhos e porquinhos-da-índia no colo, conversou com touros e ovelhas. Ao ver o pão destinado aos patos, atacou o alimento, mas dividiu com as aves, deixando que elas o arrancassem de sua boca.

Com informações do Ego Notícias
Raios de L
uz. flower I love you I love you

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Qui Out 14, 2010 7:56 pm

Olá irmãos de Jornada estava pensando em encontrar curiosidades do reino animal... achei e trouxe esse texto falando de 30 curiosidades.
Acho legal explorarmos isso aqui no Distrito porque tem muita coisa sobre os adoráveis animais que não sabemos... se algum dos irmãos quiserem me ajudar trazendo para cá mais curiosidades interessantes sobre eles fiquem a vontad
e.
Raios de Luz.






30 CURIOSIDADES SOBRE ANIMAIS.



1. O pica-pau pode dar cem bicadas por minuto numa árvore.

2. O beija-flor bate as asas noventa vezes por segundo, quatro vezes mais rápido que uma libélula. Ele voa de frente, de costas e até de ponta-cabeça. Procura néctar em 2 mil flores todos os dias.

3. Apesar do tamanho, o pescoço de uma girafa tem apenas sete ossos, o mesmo número de ossos do pescoço de um homem. A cabeça da girafa fica a mais de dois metros de distância do coração. Para fazer o sangue subir, o coração precisa ser muito forte. O coração da girafa é 43 vezes maior que o do ser humano.

4. Quanto em perigo, os elefantes formam um círculo em que os mais fortes protegem os mais fracos.

5. Um camelo consegue beber 120 litros de água em dez minutos. Ele retém água para oito dias. Pode andar de 200 a 270 km por dia. As girafas e os ratos podem viver mais tempo sem água que o camelo.

6. O pavão macho possui duzentas penas longas e coloridas na cauda.

7. Um porco-espinho, tem em média, 30 mil espinhos. Ele é um excelente nadador porque os espinhos ajudam a flutuar.

8. A preguiça movimenta-se de noite e dorme de dia (mais de dezoito horas sempre). Tem um pescoço que pode virar até 180 graus. Assim, não precisa mexer o corpo para olhar o que está acontecendo ao seu redor.

9. Cada salto em distância de algumas espécies de cangurus corresponde a dez metros. Já os sapos pulam cinco metros e meio. Em termos de altura, o canguru alcança 2,7 metros, menos que o puma (3,1 metros) e mais que o coiote (1,2).

10. Um avestruz mede de 1,80 a 2,50 metros de altura, o mesmo tamanho de um camelo. As girafas atingem sete metros, o mesmo que um prédio de dois andares.

11. A mula é resultado do cruzamento de um burro e uma égua.

12. Num único dia, uma andorinha come 2 mil moscas.

13. Os elefantes possuem uma audição aguçada e podem facilmente detectar os passos de um camundongo. Suas presas pesam mais de cem quilos. Um elefante come 125 quilos de plantas, capim e folhagens, e bebe duzentos litros de água por dia. Sua tromba suga dez litros de água de uma só vez.

14. Um carneiro fornece cinco quilos de lã e cem litros de leite por ano.

15. De acordo com a espécie, uma centopéia pode ter de 28 a 354 patinhas.

16. O coice mais fiolento de que se tem notícia é o da girafa.

17. O pernilongo macho vive de néctar ou seivas vegetais. São as fêmeas que sugam o sangue dos mamíferos, aves e amfíbios para depois produzirem os ovos.

18. Para fazer seu cricri caacterístico, o grilo esfrega uma das asas dianteiras na borda da outra. As mêmeas são mudas.

19. Dromedário e camelo não são iguais. Apesar de os dois terem duas corcovas, no dromedário uma delas é tão pequena que quase não aparece. Por isso, para ficar mais fácil a diferenciação, diz-se que o dromedário tem uma corcova e o camelo, duas. O dromedário é masi dócil e fácil de montar.

20. O órgão sexual da aranha macho está localizada no final de uma de suas patinhas.

21. Uma formiga pode levantar qualquer coisa que tenha cinqüenta vezes o seu peso. Uma abelha carrega um peso equivalente a trezentas vezes o seu.

22. Mosquitos são atraídos duas vezes mais pelo azul do que por qualuqer outra cor.

23. As abelhas tem cinco olhos. São três pequenos no topo da cabeça e dois menores na frente.

24. O bicho-da-seda possui um olfato tão aguçado que pode sentir a presença da fêmea a 11 km de distância.

25. As formigas são equipadas com cinco narizes diferentes, cada um com uma função específica. A minhoca e a lesma, possuem quatro.

26. O caracol faz um único acasalamento durante sua vida inteira. Também quando ele acontece... dura 12 horas!

27. Uma abelha produz cinco gramas de mel por ano. Para produzirem um quilo de mel, as abelhas precisam visitar 5 milhões de flores. As abelhas-rainhas põem 3 mil ovos num único dia.

28. A criatura mais pesada do mar, a baleia-azul, pesa 140 toneladas. É vinte vezes mais pesada que a maior criatura da terra, o elefante africano.

29. Um atum pode nadar até 170 km num único dia.

30. Um polvo pode medir de ponta a ponta, trinta metros. Ele possui uma bolsa que contém tinta e lhe serve de defesa. Atacado, ele solta esse líquido, que enegrece a água ao seu redor.
. flower :h
eart: I love you

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Qui Out 14, 2010 8:05 pm

Oi, Raio de Luar!
Boa Tarde!
Como ando um tanto desatualizada na leitura das postagens, não sei se já tem aqui sobre como lidar com cão guia. Se eu estiver sendo repetitiva, me desculpe, tudo bem??
Vou deixar uma cópia lá no DISTRITO ANIMAL.
Abração!
Ode




[VOCÊ SABE COMO AGIR PERANTE UM CÃO GUIA?
Os cães-guia auxiliam pessoas deficientes visuais a se locomover sem a ajuda de outras pessoas. Os cães-guia, um dos tipos mais familiares de trabalho canino, oferecem um serviço inestimável ao ser humano. Todos os dias ajudam seus donos a chegar a vários lugares de maneira mais segura.
A maioria dos cães-guia é das raças retrievers labradores, retrievers amarelos ou pastores alemães. Estas três raças são caracterizadas pela inteligência, obediência, força e afabilidade e por isso são muito adequadas para o trabalho. As escolas de cão-guia criam seus cães com muito cuidado, escolhendo os pais com inteligência e habilidade especial de guia.
A primeira tentativa sistemática de treinar cães para ajudar a povos cegos veio ao redor de 1780 no hospital para cegos “Les Quinze-Vingts”, em Paris. Pouco depois, em 1788, Josef Riesinger, um fabricante cego de Viena, treinou um spitz tão bem que as pessoas freqüentemente duvidavam de que ele era cego.

A história moderna do cão-guia, entretanto, começa durante a primeira guerra mundial, quando milhares de soldados estavam retornando cegos, devido a gases venenosos. Um doutor alemão, Dr. Gerhard Stalling, teve a idéia de treinar cães em massa para ajudar àqueles afetados. Um dia, quando andava com um paciente pelo hospital, ele foi chamado urgentemente, deixando o seu cão na companhia do paciente. Quando retornou, ele teve a impressão distinta da maneira que o cão se comportava e como olhava o paciente cego.

Os instrutores de cão-guia procuram por diversas qualidades, incluindo: inteligência, vontade de aprender, habilidade de se concentrar por períodos longos de tempo, atenção a toques e sons, boa memória e excelente saúde.

O treinamento é um processo rigoroso tanto para o instrutor quanto para os cães, mas é também muito divertido. Para ter certeza de que os cães estão aptos ao desafio, a maioria das escolas os testa por um longo período antes de começar o treinamento. Os testes são projetados para avaliar o nível de autoconfiança, já que somente cães extremamente confiantes são capazes de lidar com a pressão da instrução de guia. Se um cão passa nos testes, começa o programa de treinamento imediatamente.

Os cães-guia aproveitam imensamente seu trabalho e ficam muito satisfeitos com um serviço bem feito. Porém, não há espaço para a diversão durante o dia de trabalho. Claro que o cão-guia brinca, se distrai e recebe elogios do seu acompanhante por realizar os percursos. Mesmo quando o acompanhante não precisa de assistência, um cão-guia dedicado ao serviço é treinado para ignorar distrações e não se mexer. Isto porque um cão-guia deve ser capaz de entrar no ambiente de trabalho do acompanhante ou ficar em locais públicos sem perturbar.

COMO AGIR PERANTE UM CÃO GUIA?

- Primeiramente deve encará-lo como um cão que está trabalhando e não como um animal de estimação;
- Quanto mais ignorá-lo, melhor será para ele e para o seu dono;
- Não toque e nem acaricie o cão-guia, enquanto ele está trabalhando;
- Não tema o animal, ele foi treinado a não fazer mal sem motivos;
- Se você estiver acompanhado com o seu cão, controle-o para evitar acidentes quando passar perto do cão-guia;
- Não ofereça alimentos ao cão-guia;
- Quando se dirigir à pessoa cega, fale diretamente com ela e não fale com o cão-guia;
- Ao aproximar-se de uma pessoa cega, chegue pelo lado direito, deixando o cão-guia em seu lado habitual, o esquerdo;
- Não se antecipe ou pegue no braço da pessoa cega acompanhada de um cão-guia, sem antes conversar com ela;
- Nunca toque na guia do cão-guia;
Os cães-guia têm o mesmo direito que os seus donos, de ter o livre acesso a locais público.

Fonte: Sociedade de Assistência aos Cegos

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Qui Out 14, 2010 8:16 pm

Grata minha irmãs das estrelas! você não havia postado essa ainda miga...mas se estivesse postado, é tão maravilhoso saber disso que eu iria ler de novo hehehe.
Be
ijos.


Ode Marina escreveu:Oi, Raio de Luar!
Boa Tarde!
Como ando um tanto desatualizada na leitura das postagens, não sei se já tem aqui sobre como lidar com cão guia. Se eu estiver sendo repetitiva, me desculpe, tudo bem??
Vou deixar uma cópia lá no DISTRITO ANIMAL.
Abração!
Ode




[VOCÊ SABE COMO AGIR PERANTE UM CÃO GUIA?
Os cães-guia auxiliam pessoas deficientes visuais a se locomover sem a ajuda de outras pessoas. Os cães-guia, um dos tipos mais familiares de trabalho canino, oferecem um serviço inestimável ao ser humano. Todos os dias ajudam seus donos a chegar a vários lugares de maneira mais segura.
A maioria dos cães-guia é das raças retrievers labradores, retrievers amarelos ou pastores alemães. Estas três raças são caracterizadas pela inteligência, obediência, força e afabilidade e por isso são muito adequadas para o trabalho. As escolas de cão-guia criam seus cães com muito cuidado, escolhendo os pais com inteligência e habilidade especial de guia.
A primeira tentativa sistemática de treinar cães para ajudar a povos cegos veio ao redor de 1780 no hospital para cegos “Les Quinze-Vingts”, em Paris. Pouco depois, em 1788, Josef Riesinger, um fabricante cego de Viena, treinou um spitz tão bem que as pessoas freqüentemente duvidavam de que ele era cego.

A história moderna do cão-guia, entretanto, começa durante a primeira guerra mundial, quando milhares de soldados estavam retornando cegos, devido a gases venenosos. Um doutor alemão, Dr. Gerhard Stalling, teve a idéia de treinar cães em massa para ajudar àqueles afetados. Um dia, quando andava com um paciente pelo hospital, ele foi chamado urgentemente, deixando o seu cão na companhia do paciente. Quando retornou, ele teve a impressão distinta da maneira que o cão se comportava e como olhava o paciente cego.

Os instrutores de cão-guia procuram por diversas qualidades, incluindo: inteligência, vontade de aprender, habilidade de se concentrar por períodos longos de tempo, atenção a toques e sons, boa memória e excelente saúde.

O treinamento é um processo rigoroso tanto para o instrutor quanto para os cães, mas é também muito divertido. Para ter certeza de que os cães estão aptos ao desafio, a maioria das escolas os testa por um longo período antes de começar o treinamento. Os testes são projetados para avaliar o nível de autoconfiança, já que somente cães extremamente confiantes são capazes de lidar com a pressão da instrução de guia. Se um cão passa nos testes, começa o programa de treinamento imediatamente.

Os cães-guia aproveitam imensamente seu trabalho e ficam muito satisfeitos com um serviço bem feito. Porém, não há espaço para a diversão durante o dia de trabalho. Claro que o cão-guia brinca, se distrai e recebe elogios do seu acompanhante por realizar os percursos. Mesmo quando o acompanhante não precisa de assistência, um cão-guia dedicado ao serviço é treinado para ignorar distrações e não se mexer. Isto porque um cão-guia deve ser capaz de entrar no ambiente de trabalho do acompanhante ou ficar em locais públicos sem perturbar.

COMO AGIR PERANTE UM CÃO GUIA?

- Primeiramente deve encará-lo como um cão que está trabalhando e não como um animal de estimação;
- Quanto mais ignorá-lo, melhor será para ele e para o seu dono;
- Não toque e nem acaricie o cão-guia, enquanto ele está trabalhando;
- Não tema o animal, ele foi treinado a não fazer mal sem motivos;
- Se você estiver acompanhado com o seu cão, controle-o para evitar acidentes quando passar perto do cão-guia;
- Não ofereça alimentos ao cão-guia;
- Quando se dirigir à pessoa cega, fale diretamente com ela e não fale com o cão-guia;
- Ao aproximar-se de uma pessoa cega, chegue pelo lado direito, deixando o cão-guia em seu lado habitual, o esquerdo;
- Não se antecipe ou pegue no braço da pessoa cega acompanhada de um cão-guia, sem antes conversar com ela;
- Nunca toque na guia do cão-guia;
Os cães-guia têm o mesmo direito que os seus donos, de ter o livre acesso a locais público.

Fonte: Sociedade de Assistência aos Cegos
flower flower I love you

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Qui Out 14, 2010 8:46 pm

Pois é, Raio de Luar, o conteúdo deste texto tem que ser bem divulgado, principalmente entre as crianças, que não têm noção que podemos atrapalhar o cão e seu dono cego, ao querer fazer agradinhos...
Inté!
Ode


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Sex Out 15, 2010 9:06 pm

Oi, gente amada!

Não se apavorem, olhem até o final, é muito lindo!

Bjos nos corações!


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Sex Out 15, 2010 9:42 pm

Olá Grazye!! Grata querida irmã das estrelas, por esse presente lindo.
Mãe é Mãe... e que coisa maravilhosa é esse sentimento materno.
Que Deus te abençõe pela pessoa que és com todos os seus.
E que Deus abençõe a todas as Mães do mundo por amar seus filhos quer seja animais ou humanos.
Que esse sentimento maravilhoso se estenda a todos os seres.
Eu sou a mais nova mamys... porque Deus me deu mais uma filhota de presente, do reino animal pra cuidar.
Volte sempre que quiser sua presença aqui é muito importante.
Beijos linda em seu coração que am
o.

Raios de Luz.



Grazyela escreveu:Oi, gente amada!

Não se apavorem, olhem até o final, é muito lindo!

Bjos nos corações!

flower flower I love you

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Convidad em Sab Out 16, 2010 6:34 am

Ah, bigada.....
Eu volto sim, acompanho o tópico sempre, mas não tinha me surgido ainda algo para postar, mas eu sabia que viria!
Te agradeço o importante trabalho e o amor pelos animaizinhos que tanto precisam!
Imagino a ótima mami que deves ser para teu bichinho.
Eu tenho um hamster chinês, o biki, ele é um barato....mó engraçado, quando a gente chega em ksa ele vai prá pontinha da gaiola ( um gaiolão, mó espaçoso, com túneis e rodinhas e escorregador, mó vidão ), daí eu digo: Oi, meu rato, chegamos Very Happy
E ele entende, fica ali quereno um carinho.


Bjo tb em seu lindo e amoroso coração!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: DISTRITO ANIMAL E SUA ESPIRITUALIDADE

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum