COMUNIDADE FAMILIA ASCENSAO
SAUDAÇÕES QUERIDA FAMILIA.
PARA CONHECER OS DEBATES E PARTILHAS ANTERIORES VISITE O LINK
http://nominato.com.br/forum/index.php

ATENÇÃO :
APÓS FAZER O REGISTRO, VÁ NA SUA CAIXA DE EMAIL E "ATIVE" SUA CONTA.
VOLTE AO FÓRUM E CLIQUE "LOGIN" NOME E SENHA "MANTER CONECTADO". PARA FUGIR DAS PROPAGANDAS.


2.º Conversa com Arten e Pursah- As dificuldades do discípulo da Luz

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

2.º Conversa com Arten e Pursah- As dificuldades do discípulo da Luz

Mensagem  E. E. Mitch Ham Ell em Dom Out 24, 2010 1:57 pm

2.º Conversa com Arten e Pursah-
As dificuldades do discípulo da Luz


Hoje, dia 1 de Outubro de 2010, Arten e Pursah voltaram a me contatar.
Após os devidos cumprimentos, seguiu-se o seguinte diálogo:


NOTA: E.E.M.H.E. (Espaço Espiritual Mitch Ham Ell)
identifica minha pessoa no diálogo


E.E.M.H.E.- E então amigos, que vos trouxe aqui?

Arten- O mesmo motivo que nos trouxe até você da outra vez, continuar com o
desaparecimento do Universo em sua mente e na mente daqueles que
com você ou com o material de seu site convivem.

E.E.M.H.E.- Entendo, entendo, então não têm um tema específico para a conversa?

Pursah- Não, você escolhe o tema.

E.E.M.H.E.- Ultimamente, a pedido do mestre Shivananda, que vocês naturalmente
conhecem, tenho entrado em contato com os ensinamentos do xamã Don Juan,
ensinamentos fielmente expostos nos livros de Carlos Castañeda, me encontro
inclusive já na leitura do 3.º livro, "Viagem a Ixtlan", e realmente estou encantado com a
sabedoria iluminada de Don Juan e de seus companheiros, é realmente de valor
acompanhar Castañeda em sua busca pelo aprendizado e pela iluminação, me
recorda o caso de Godfrey Ray King com Saint Germain e de Kyriacos com Daskalos,
Castañeda é realmente um grande aluno. Lendo estes livros, me deparo com a
dificuldade do discípulo na busca pela iluminação, a dificuldade em abdicar
de crenças pré-concebidas, do ego, etc., abdicar do mundo velho
por um novo mundo muito mais real, que podem comentar?

Arten- Realmente Castañeda foi um grande mestre, e Don Juan um grande
iluminado, seria de valor que eles perdessem o rótulo de experimentadores de
plantas alucinogênicas, e recebessem o rótulo verdadeiro de mestres espirituais, ainda
assim, mesmo que o meio espiritualista possa continuar não aceitando Castañeda e
seu mentor isso realmente pouco importa, afinal, existem muitos mestres, que se
adaptam a qualquer jeito de ser dos seres humanos iludidos, basicamente existem
2 ou mais mestres iluminados ou proximos à iluminação para cada corrente de
pensamento, para que todos voces sejam convenientemente servidos
em vosso reduzido mundinho interno de ilusões.
A pergunta que se faz em relação ao aprendizado e à rapidez com que
o mesmo ocorre é: "Até que ponto o discipulo está disposto a mudar?"
Se voces estivessem dispostos à mudança voces rapidamente mudariam,
esqueçam os argumentos que apenas vos ludibriam de que a caminhada é
realmente demorada, pelo contrário, uma iluminação poderia ser instantanea, ela
apenas não o é porque voces não a desejam com todas as vossas forças.
Basicamente voces querem ascensionar, e adquirir toda a sabedoria e poder desse estado,
sem no entanto alterarem nada em vossa personalidade e em vossa vida, infelizmente,
enquanto continuarem assim, continuarão sendo aquilo que voces são e nada mais.

E.E.M.H.E.- Resumindo, não mudamos porque não queremos. Nossa iluminação ocorre
de acordo com a nossa libertação da ilusão, nossa vontade de nos libertarmos da ilusão.

Pursah- Exatamente, voces evoluem á medida em que se permitem evoluir.

E.E.M.H.E.- E não queremos evoluir...

Pursah- Claro que não, afinal, porquê quereriam? Essa é a
pergunta que o ego faz ritmicamente em vosso subconsciente.

E.E.M.H.E.- Realmente... Um ego satisfeito não tem motivo para mudar, porque
mudaria? Afinal, ele não se apercebe da tolice que é nosso mundo,
alem disso, o considera perfeitamente normal e até prazeroso.

Arten- Exatamente, talvez por isso os iluminados e os grandes mestres sejam,
em sua maioria, pessoas que passaram por grandes dores, psíquicas ou fisicas,
antes de despertarem para a espiritualidade e para a mudança, porque esses viram
o mundo se esvair entre seus dedos, entenderam que, perante a dor, o mundo, tão
aparentemente poderoso, em nada pode ajudar, por isso se voltaram para Deus.

E.E.M.H.E.- Claro, quando tudo que tinhamos se perde, estamos
mais prontos para buscar o novo, a Espiritualidade, assim não
temos que abdicar de nada, ainda assim, é lamentável...

Pursah- Muito lamentável, mas, querido, o que não é lamentável em vossa
sociedade? Você não sabe que tudo em vosso mundo se baseia na lei da
sobrevivência, da decadência, da impermanência, voce nao sabe que
tudo em vosso mundo é pura e simplesmente lamentável?

E.E.M.H.E.- Ontem o mestre Shivananda me falava sobre a natureza cruel e
implacável de nosso mundo, que em nosso mundo até os 5 elementos lutam
entre si, lutam por espaço, que nossas células o fazem tambem, até o mais
infimo está lutando aqui, e que isso é consequência de nossa negatividade.

Pursah- Exatamente, mas, se é assim, porque é que você, mesmo
sabendo disso, ainda continua dando tanto valor ao seu mundo?

E.E.M.H.E.- Em que sentido?

Pursah- Porque é que voce ainda olha tanto o mundo, porque é que voce ainda
se debruça tanto sobre as belezas deste, e não passa mais tempo buscando
observar as belezas dos planos espirituais superiores?

E.E.M.H.E.- Lhe prometo que o farei, mas, como me sugere que o faça? Através da clarividencia?

Pursah- Sim, voce pode contemplar inclusive seu mundo através dos olhos clarividentes,
assim verá uma mistura de luta com paz, será com certeza mais tranquilizador para a sua mente.

E.E.M.H.E.- Me desculpe por minhas falhas.

Pursah- Imagine querido, não tem porque se desculpar, apenas quero lhe transmitir a
ideia de que contemplar tanto a arena de gladiadores que é seu mundo apenas lhe traz
cansaço, você pode, e já lhe falámos em outras ocasiões sobre isso, viver no mundo
apenas por curtos períodos de tempo, e passar o restante tempo nos
planos espirituais mais elevados, e pode fazer isso diariamente.


E.E.M.H.E.- Você fala de clarividencia e projeção extrafisica não é?

Pursah- Sim, embora saibamos que voce ainda nao consegue se projetar,
ainda assim, ja consegue transitar por aí com seu duplo- etérico, e o plano etérico é
pelo menos um pouco melhor que o plano físico, acredite, o plano físico cansa.

E.E.M.H.E.- Eu entendo.

Pursah- Se você se debruçasse apenas sobre a natureza, que embora seja selvagem
é pelo menos mais pura do que vocês, você não se cansaria tanto, mas você se debruça
sobre aquilo que não importa absolutamente nada, isto é, vocês. Caminhar entre
prédios, observar estradas, ver o mundo, está longe de ser uma boa ocupação, talvez
por isso os grandes mestres sempre tenham optado por viver isolados,
preferencialmente longe de qualquer tipo de civilização humana.

E.E.M.H.E.- Mas Pursah, o próprio Mestre Shivananda me incentiva a caminhar, passear, interagir com o mundo...

Pursah- Você não entendeu realmente, ele o incentiva a caminhar, passear, interagir
com o mundo, sim, mas não a contemplar o mundo e com ele se fascinar, observe,
você pode caminhar por aí sem no entanto contemplar, observar é diferente de contemplar,
você pode observar toda uma cena ampla e contemplar apenas um pequeno pássaro que
por ela passa voando, entenda, você deve observar o mundo durante suas caminhadas,
seus passeios, mas você deve ser totalmente indiferente a ele, reduzi-lo a um estado de nada, e
contemplar apenas aquilo que você encontrar nele de relativamente belo, está me entendendo?

E.E.M.H.E.- Sim, devo ser indiferente ao mundo, caminhar por ele como se ele nao
estivesse ali, me focando em contemplar apenas aquilo que for belo, o que inclui os
seres humanos, neles devo ver tudo, no restante devo ver nada, isso nao
deixa de ser uma forma de me focar no que realmente importa.

Arten- Corrigindo, essa é a forma de voce se focar naquilo que
realmente importa, e nao apenas mais uma forma de o fazer.

E.E.M.H.E.- Entendi.

Pursah- Você falava no inicio de nossa conversa sobre a dificuldade do
discipulo em aceitar a espiritualidade, bom, debrucemo-nos agora sobre isso.

Arten- Porque é que o discipulo tem tanta dificuldade? É muito simples, porque o ego
sente intuitivamente sua extinção próxima. Mas, o que é esse ego? É o Eu-Alma
erroneamente filtrado pelos condicionantes humanos, e ele é tão forte que se apossa do
controle sobre a encarnação. Veja bem, ele não é outra pessoa, uma força maligna, ele é voces,
nós apenas o colocamos como "ele" para que sua ação negativa com voces tenha substância
em vossa mente. Então, esse tal ego é aquele que se sente ameaçado por saber que, com a
chegada da espiritualidade na vida da pessoa, será extinguido. Mas, porquê? Porque o ego é
quem dá a sensação de separação, a espiritualidade trará a sensação de Unidade, e isso assusta o ego
que julgará que será extinto caso a aceite, isso no entanto está incorreto se analisarmos corretamente.
Quando colocamos o ego como o inimigo externo, substancial, realmente ele irá morrer quando
sujeito à Unidade, mas, quando observamos corretamente, e nao é mais necessária essa substancialização
dessa parte negra de voces, entenderemos que o ego não morrerá, ele simplesmente se dissolverá
em um Todo Absoluto sem perder sua identidade, o problema é fazer o ego entender isso.
Não adianta o que falarem, quantas teses criarem, o que afasta as pessoas da
espiritualidade é pura e simplesmente o medo da aniquilação da consciencia,
esse é o medo subconsciente que cria todas as desculpas e justificações,
todos os medos secundários, que vos afastam da espiritualidade.

E.E.M.H.E.- Entendi, então, todo o trabalho passa por a pessoa entender
que não será aniquilada como consciencia mas sim se expandirá
em sua grande familia espiritual e será muito mais feliz e livre.

Arten- Exatamente.

E.E.M.H.E.- Mas, e quando a propria pessoa nao sente que esse é seu medo, mas sim outros?

Pursah- Nesse caso ela deve extinguir primeiro os outros, e todas as desculpas
criadas pelo medo maior, e entao se debruçar sobre o medo maior quando
o identificar como a causa de todos seus problemas.

E.E.M.H.E.- Por isso é dificil, já é dificil superar o medo maior, e este ainda cria outros medos para atrapalhar...

Pursah- Por isso voces demoram anos e anos para despertarem...

E.E.M.H.E.- Ficou muito claro para mim agora.

Pursah- É tudo uma questao de querer, quem quer faz, realiza, alcança, entao, jamais acreditem em quem
vos disser que está tentando mas no entanto nenhuma mudança manifesta, essa pessoa vos está mentindo
e nao quer mudar, ainda que muitas vezes nao somente vos esteja mentindo, como tambem a ela mesma,
nesses casos, sejam muito pacientes e tolerantes, ajudem essa pessoa, gradualmente ela mudará, nao se
impacientisem, em um mundo louco, se voces se rebaixam até às suas emoções base,
ficarão tão loucos quanto ele, aliás, loucura é o mal da humanidade.

E.E.M.H.E.- Vocês realmente sabem esclarecer!

Pursah- E vocês realmente não sabem entender!

E.E.M.H.E.- Hehehehe, muito boa observação!

Arten- Estamos indo agora, sabemos que você tem outras coisas para fazer, fique com
Deus e se cuide, ficaremos velando por seu desenvolvimento espiritual, bom trabalho!

Pursah- É isso mesmo, que a Luz do Cristo o ilumine.

E.E.M.H.E.- Mas queridos, eu fico, posso fazer as outras coisas depois.

Pursah- Não, por hoje já balançamos algumas estruturas, o suficiente para
ser digerido corretamente, mais vos causaria uma indigestão.

E.E.M.H.E.- Certo meus amigos, fiquem com Deus, muito obrigado novamente
e até à proxima. Amanhã esta conversa estará publicada no site.

Pursah- Fique com Deus e bom trabalho, adeus.

E.E.M.H.E.- Adeus.



Espaço Espiritual Mitch Ham Ell- 01/10/10



__________________________________________________________________________________________

Os direitos autorais desta mensagem pertencem ao Espaço Espiritual Mitch Ham Ell (http://www.mitchhamell.com.br).
A publicação em websites é permitida, desde que as informações não sejam alteradas e os créditos do autor e seu site
sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas e nem re-impresso sem a permissão do autor.
Para pedir permissão, escreva para mitchhamell@mitchhamell.com.br


E. E. Mitch Ham Ell

Mensagens : 25
Data de inscrição : 26/09/2010

http://www.mitchhamell.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum