COMUNIDADE FAMILIA ASCENSAO
SAUDAÇÕES QUERIDA FAMILIA.
PARA CONHECER OS DEBATES E PARTILHAS ANTERIORES VISITE O LINK
http://nominato.com.br/forum/index.php

ATENÇÃO :
APÓS FAZER O REGISTRO, VÁ NA SUA CAIXA DE EMAIL E "ATIVE" SUA CONTA.
VOLTE AO FÓRUM E CLIQUE "LOGIN" NOME E SENHA "MANTER CONECTADO". PARA FUGIR DAS PROPAGANDAS.


MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Dom Out 03, 2010 3:10 am

Seca ainda deixa 21 cidades do AM em situação de emergência

De acordo com CPRM, período de vazante deve ir até meados de outubro.
Órgão afirma que nível de água do Rio Negro está descendo 10 cm por dia.

http://www.globoamazonia.com/Amazonia/0,,MUL1621789-16052,00-SECA+AINDA+DEIXA+CIDADES+DO+AM+EM+SITUACAO+DE+EMERGENCIA.html
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Seg Out 04, 2010 5:25 am

Lo accesorio sigue el régimen de lo principal Octubre 3, 2010






El cambio climático, un factor a considerar, EN SERIO




El cambio climático comienza a ser discutido afuera de los círculos ambientalistas y esto es extremamente necesario y urgente. Cada país debe generar estrategias interinstitucionales para la prevención, reducción y atención de desastres; estamos frentes nuevos patrones de clima ante el cual cada país debe aprender a estar preparado.



El fenómeno no puede ser enfrentado solo por los Estados, deben haber mínimo cuatro sectores los llamados a buscar soluciones conjuntas. Gobierno, empresarios, sociedad civil y cooperación internacional.


Resulta clara la responsabilidad del cambio climático en estaciones lluviosas, sequías, clima extremo en cada región y no hay ningún país del mundo preparado para enfrentarlo.


Sobre las obras de mitigación que se realizan durante las emergencias, el problema es que no son sostenibles ni solucionan definitivamente; y cuando pueden solucionar algo son paliativos temporarios. Lo que debe darse de ahora en adelante es una política de reconstrucción que tome en cuenta el cambio climático en todos los países, estados/provincias y regiones.



Visión unificada


A partir de ahora hay que aprender a reconstruir (dónde sea necesario) y producir simultáneamente. Tenemos la

necesidad de unificar a todos los sectores, porque mientras no tengamos instituciones fuertes, preparadas y confiables no vamos a poder prevenir las posibles situaciones a vivir en cada lugar porque las cosas suceden rápido y de forma inesperada, precisamos organizar la sociedad en medio del ya instalado cambio climático que ya no es un tema de ambientalistas o biólogos.



Hay demasiado en juego porque la Tierra es una nave donde no hay tripulantes y pasajeros, hoy en día "todos somos tripulantes”.







"Lo accesorio sigue el régimen de lo principal"







Kristen Neiling
Dirección y Producción

Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar

"el día después de mañana", es hoy
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Seg Out 04, 2010 5:29 am

Más de 10 millones de niños afectados por las inundaciones de Pakistán




El Fondo de Naciones Unidas para la Infancia (UNICEF) advirtió este martes de que "más de 10 millones de niños" se han visto afectados por las inundaciones del pasado mes de julio en Pakistán y alertó de que el número de víctimas causadas por esta crisis humanitaria supera el total de las registradas en el tsunami de 2004 y en los terremotos de 2005 en Cachemira y de este año en Haití.



"Con más de 10 millones de niños afectados por las inundaciones, la crisis humanitaria en Pakistán tiene una dimensión tan grande que su escala escapa a la imaginación de todo el mundo", indicó UNICEF en un comunicado con motivo de la presentación de un informe en Ginebra.



Consciente de la dimensión de la crisis, y con las necesidades todavía en aumento, UNICEF trabaja en un plan a 12 meses (agosto 2010 a finales de julio 2011) para tratar de cubrir las necesidades de la población afectada".



El desarrollo de ese plan requiere de 252,3 millones de dólares (192 millones de euros), de los que aún faltan 160,8 millones de dólares. Una quinta parte de Pakistán está sumergida por el aumento del nivel del agua, que ha destruido ya grandes superficies que estaban dedicadas a cultivos, lo que ya ha provocado un problema de inseguridad alimentaria.



El informe presentado este martes por UNICEF pone de manifiesto que algunas zonas de Pakistán, principalmente la provincia de Sindh, continúan inundadas por lo que aún se está evacuando a cientos de miles de personas. En otras regiones, debido al descenso del nivel del agua, la gente ha comenzado a regresar a sus hogares.



Los medios de sustento de muchas familias se han destruido en áreas donde la población ya hacía frente a duras condiciones de vida antes de las inundaciones. La emergencia no ha concluido y el impacto de las inundaciones "se dejará notar durante años, incluso décadas", dice el informe.



La acción de UNICEF



Las operaciones humanitarias de UNICEF en Pakistán se centran en facilitar el acceso a agua potable y saneamiento, nutrición, salud, educación y protección de la infancia.



En agua y saneamiento, UNICEF y sus aliados benefician a seis millones de personas, a las que distribuye una combinación de suministros de agua potable y tratamientos de potabilización para las familias. Esto incluye el transporte del agua, la habilitación de plantas de tratamiento y reparación de pozos.



En salud, más de medio millón de niños menores de cinco años han sido vacunados contra la polio y más de 420.000 contra el sarampión. Además se ha suministrado suplementos nutricionales a más de 375.000 niños de menos de cinco años y a 50.000 mujeres embarazadas o lactantes. UNICEF también ha facilitado el acceso de unos 35.000 niños a servicios educativos y recreacionales, y 26.000 niños y mujeres han recibido apoyo psicosocial.

Sin China, la lucha contra el calentamiento global no se puede detener




Por primera vez el gigante asiático acoge a partir de mañana lunes, en la ciudad de Tianjin, una gran conferencia sobre la lucha contra el cambio climático, antesala para la cumbre de Cancún (México) que se realizará a fines de noviembre.


Ninguna nación del mundo consume tanta energía ni emite tantos gases de efecto invernadero como China. Pero sus 1.300 millones de habitantes sólo están siguiendo el ejemplo de los países industrializados.

Para muchos de ellos, la polémica en torno a la protección del medio ambiente se reduce a la siguiente pregunta: ¿es que los chinos tienen que seguir desplazándose en bicicleta mientras que en los países industrializados se mueven en automóviles?

"Como chino yo no puedo aceptar que una persona de un país desarrollado tenga más derecho que yo a consumir energía", dijo sin ocultar cierto enojo, el negociador jefe en materia de cambio climático en China, Yu Qingtai.

"Nosotros no queremos contaminar el medioambiente como ustedes han hecho, pero tenemos derecho a aspirar a una vida mejor"

En la ciudad de Tianjin, cerca de Pekín, más de 3.000 delegados intentarán ponerse de acuerdo en al menos algunos puntos de cara a la cumbre de Cancún. Un año después del fracaso de la cumbre de Copenhague, todavía no se vislumbra en el horizonte un nuevo acuerdo.

La nueva secretaria ejecutiva de la Convención Marco de las Naciones Unidas sobre el Cambio Climático, la costarricense Christiana Figueres señala que las negociacioens están "estancadas". En Tianjin los gobiernos tendrán que fijar "lo que se puede lograr en Cancún" y las promesas se tienen que convertir en compromisos firmes.

Este año nos ha traído una serie de catástrofes que ponen de manifiesto la fragilidad de la humanidad ante fenómenos climáticos extremos. Y eso tan sólo ha sido un "aperitivo" de la amenaza que conlleva el cambio climático si no se hace nada en contra.

No importa qué tan grande sea la responsabilidad histórica de las naciones industrializadas por la emisión a la atmósfera de gases de efecto invernadero, pero el país más poblado de la tierra desempeña en la actualidad un papel decisivo en esa batalla. Mientras conseguía el título de la segunda economía del planeta, China también ha conquistado el dudoso honor de ser el país más contaminante y el mayor consumidor de energía.

Y aunque solo sea por interés propio, a China también le conviene actuar en pro de la preservación del medio ambiente. El gigante asiático figura entre las víctimas más clamorosas del calentamiento global. Según los expertos serán más frecuentes las lluvias extremas, inundaciones, sequías, desertizaciones y cosechas escasas.

El gobierno de Pekín es consciente de esta precaria situación. "No importa si son consecuencias del cambio climático, si se trata de la demanda por el desarrollo económico, del acoplamiento a las estructuras democráticas o de la presión por la falta de energía. Nosotros vamos ahorrar energía y reducir emisiones", dijo Fan Ying, experta en un centro de investigación para política energética y medioambiental de Pekín.

El nuevo plan quinquenal, que en marzo fue aprobado, recoge las promesas de Copenhague de hasta 2020 reducir las emisiones entre un 40 y un 45 por ciento frente a las de 2005, aunque teniendo en consideración el desarrollo económico. Lo que supone un gran esfuerzo debido a que las emisiones del país seguirán aumentando por el fuerte crecimiento previsto hasta 2030 ó 2040.

El nuevo plan quinquenal fomenta de forma generalizada las energías renovables para poder aumentar a un 15 por ciento hasta 2020 la cuota de energías que no son de origen fósil.

En ningún otro lugar del mundo se fabrican en la actualidad tantas instalaciones eólicas o de paneles solares como en China y en ningún otro país se están construyendo tantas centrales nucleares como allí.

" el día después de mañana", es hoy



Kristen Neiling
Dirección y Producción

Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar

avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Qui Out 07, 2010 10:15 pm

Temporal causa destelhamento de casas em Cascavel
Paula Melech com Agência Brasil
Um forte temporal, com ventos de até 107 quilômetros por hora, atingiu, no início da manhã de hoje (6), o município de Cascavel, no oeste do Paraná. De acordo com a Defesa Civil do Estado, os ventos fortes destelharam pelo menos quatro casas e houve também queda de árvores. Não há registros de desalojados e feridos.

A chuva teve início perto das 4 horas e equipes da Defesa Civil estão percorrendo os bairros para fazer uma avaliação dos prejuízos causados na cidade.

O município de Medianeira, região Oeste do Estado, foi o que mais registrou destelhamentos de residências. Segundo a Defesa Civil, trinta casas foram atingidas até às 10h30, mas ninguém ficou desalojado.Em Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná, outras quatro casas sofreram destelhamentos com o temporal.

O temporal também causou falta de energia e queda de árvores em Maringá, no Noroeste do Paraná. Um carro que estava parado em um semáforo foi atingido por uma árvore. O motorista não sofreu ferimentos.

Notícias Relacionadas
07/10/2010
Tempestade causa destruição em Maringá e região

07/10/2010
Pancadas de chuva atingem hoje grande parte do País

07/10/2010
Temporal causa destelhamento de casas em Cascavel Previsão

De acordo com o Serviço de Meteorologia do estado (Simepar), as chuvas se espalham rapidamente por todo o estado. Segundo o último boletim do instituto, devem ocorrer chuvas fortes, com grande incidência de descargas atmosféricas e rajadas de vento forte, em grande parte do Paraná ao longo do dia. Não se descarta queda de granizo em algumas áreas.

As chuvas estão mais fortes nas regiões oeste, sudoeste, norte, centro e sul, mas segundo o meteorologista Tarcízio Valentin da Costa, do Simepar, em Curitiba também deve chover muito hoje e as temperaturas devem apresentar forte declínio após a passagem da chuva.

O meteorologista Gil Russo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) em Porto Alegre, disse que as chuvas estão concentradas mais nos estados do Paraná e de Santa Catarina. Um ciclone está se formando na costa do Rio Grande do Sul e por lá deve chover também até o fim do dia.

Os termômetros que marcavam temperaturas próximas de 30 graus Celsius (°C) em vários municípios da Região Sul, devem registrar amanhã (Cool 8°C no Rio Grande do Sul.

http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/481908/?noticia=TEMPORAL+CAUSA+DESTELHAMENTO+DE+CASAS+EM+CASCAVEL
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Qui Out 07, 2010 10:50 pm

Prepare-se para o inverno mais frio do último milénio

Cada novo período de dez anos é mais quente que o anterior, de acordo com as estatísticas recolhidas a variação dos dados nos extremos de verão e inverno. Enquanto na América do Sul está preparada para temperaturas que vai quebrar a níveis recordes de calor na Europa, o inverno pode ser um dos mais frios desde que os registos de dados meteorológicos.

A temporada de inverno recém-concluída na América do Sul foi o mais frio em 40 anos. Esta tendência agora é que entram na Europa. A Rússia é considerada como um dos países onde se prevê dureza especial do clima nos próximos meses. A razão, a velocidade da corrente do Golfo, uma corrente de oceano que se move grandes massas de águas quentes do Golfo do México para o Atlântico Norte foi reduzida para metade nos últimos dois anos. Não conseguir neutralizar as correntes quentes chega o frio polar do Ártico.

Nova era do gelo
Especialistas prevêem que se a extinção definitiva do actual, na Europa, começará um período glacial enquanto que a Escandinávia é transformado em uma enorme geleira. Enquanto isso, as investigações astrofísico russo de origem usbeque, Khabibullo Abdusamatov, também sugere que a era do aquecimento global tenha terminado no prazo de 42 meses, a humanidade terá de enfrentar uma "idade do gelo" nova, De acordo com a agência de notícias RT.

No entanto, estas hipóteses de resfriamento global, não é confirmada pela U. S. Agência Espacial da NASA, analisando estudos de satélite, disse que nos últimos 20 anos, a Corrente do Golfo, em contrapartida, sofreu um ligeiro aumento na temperatura.

Calor extremo na América do Sul
Algumas regiões da Bolívia o apoio e as temperaturas incomuns e durante as próximas semanas e estima-se registrar os picos mais altos como resultado do aquecimento global. As poucas chuvas e baixa umidade estão levando a valores máximos são ultrapassados em algumas regiões.

Mesmo com invernos extremos nos últimos anos, o planeta não pode recuperar a massa de gelo do mar. O novo gelo, os cientistas, é formado durante o inverno no Ártico, mas é mais fino, porque o mar absorve mais radiação por causa da falta de gelo e isso leva a uma temperatura mais elevada.

http://www.thecamino.com.ar/
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Qui Out 07, 2010 10:58 pm

Paquistão: situação segue crítica 11 semanas após cheias


---
Segundo Acnur, as enchentes continuam na província de Sindh, no sul; mais de 1,6
milhão estão desabrigados.
---


Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York
http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/detail/185919.html


O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, afirmou que a
situação no Paquistão permanece crítica 11 semanas após as cheias que afetaram
mais de 20 milhões de pessoas no país.

Numa nota, divulgada nesta terça-feira, o Acnur disse que a província de Sindh,
no sul do Paquistão, ainda está sofrendo com fortes chuvas e inundações.

Mídia

Pelo menos 1,6 milhão de pessoas ficaram desabrigadas.

O encarregado do Escritório de Assistência Humanitária das Nações Unidas, Carlos
Monteiro Pereira, disse à Rádio ONU, de Nova York, que apesar da atenção da
mídia ter se deslocado um pouco das cheias no Paquistão, o trabalho no terreno
continua no país.

"As áreas que mais necessitam de assistência, neste momento, são assistências
alimentar, abrigo, água, saúde e saneamento. Continuamos muito engajados com o
governo, as autoridades e claro com a comunidade internacional", informou.

Escolas

O Acnur afirmou que está preocupado com cerca de 1,7 milhão de refugiados em
outras regiões do Paquistão incluindo o Baluquistão. Segundo o Unicef, as
escolas foram reabertas no mês passado e muitas famílias já teriam começado a
retornar para seus vilarejos. Até o fim do mês passado, muitas escolas ainda
serviam de abrigos temporários.

No último dia 1º, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud,
lançou uma iniciativa de US$ 120 milhões, equivalentes a mais de R$ 200 milhões,
para ajudar na reconstrução do país.
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Nominato em Sex Out 08, 2010 12:47 am

lama-toxica

http://oglobo.globo.com/mundo/mat/2010/10/07/parte-da-area-afetada-por-lama-toxica-devera-ser-abandonada-diz-premier-da-hungria-922730743.asp

Nesta quinta-feira, o material químico alcançou o Rio Danúbio , que corta seis países antes de chegar ao Mar Negro. Ambientalistas já estimam que o vazamento não deve afetar outros países com gravidade, mas na Hungria a situação ainda é delicada. O primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, disse que algumas áreas precisarão ser abandonadas.

"

Se isso tivesse acontecido de noite, todos estariam mortos
"
--------------------------------------------------------------------------------
- É difícil encontrar palavras. Se isso tivesse acontecido de noite, todos estariam mortos - disse o premier, que visitou as áreas mais afetadas. - A Hungria é forte o suficiente para lidar com os efeitos de uma catástrofe como essa, mas estamos abertos a sugestões de especialistas para lidar com a poluição.



_________________
.............................................

Para acesso ao site Ascensão : http://www.nominato.com.br/

SOBRE O PORTAL 11:11 -

"Um elemento importante do SER ÚNICO EM AÇÃO é o AMOR EM AÇÃO. Isso não é apenas sentar e enviar amor a todos. Trata-se de AMOR prático, AMOR verdadeiro, incorporar o AMOR PURO DO CORAÇÃO onde quer que nós formos e fazer com que ele seja sentido em todo o mundo! "


http://nominato.asiafreeforum.com/comunidade-familia-ascensao-http-nominatocombr-forum-index-f1/abertura-do-nono-portal-1111-em-25-de-outubro-em-bali-t74.htm#3751

Nominato
Admin
Admin

Câncer Mensagens : 205
Data de inscrição : 09/08/2010
Idade : 60

http://nominato.asiafreeforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  ALGOL em Sex Out 08, 2010 10:12 pm




O grego Christos Lamprianidis ganhou o 1º lugar com a fotografia "No Pollution Please", tirada em Kozani, no norte de seu país.
avatar
ALGOL

Aquário Mensagens : 101
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 47
Localização : RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Sab Out 09, 2010 5:32 am

08/10/2010
Vendavais provocam estragos em várias cidades de Minas Gerais


A madrugada desta sexta-feira (Cool foi de ventos fortes em quase todo o Estado de Minas Gerais. A região mais atingida foi Guarda Mor, divisa de Minas com Goiás, onde a ventania chegou a 106 km/h. No Triângulo Mineiro, Conceição das Alagoas, o vento chegou a 91,2 km/h. No Campo das Vertentes, Barbarcena, São João del-Rei as rajadas foram superiores a 82 km/h e, na zona da mata, Juiz de Fora, chegou a 89 km/h. Na capital, as regiões do Barreiro e Pampulha, de acordo com o meteorologista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), 5º distrito, Jorge Moreira, foram as que tiveram as rajadas mais fortes, com registros de 58 e 56 km/h respectivamente. O motivo, como analisa o meteorologista, foi a passagem de uma frente fria vinda do sul do país que já avança para o norte da Bahia. Na capital, uma árvore de grande porte foi arrancada pela chuva e caiu na entrada de um barracão que funciona como a lavanderia do Hospital Odilon Behrens. Os bombeiros fizeram a retirada. Ninguém ficou ferido. Também durante a madrugada, em decorrência das fortes chuvas, a estrutura de um radar no anel rodoviário, caiu na altura do Km 23, Bairro Santa Cruz, região nordeste da capital, sentido Belo Horizonte/Vitória. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual o trânsito no local ficou interditado das 3h às h30. A BHTrans ajudou na retirada do radar.

(Fonte: De olho no tempo, com informações R7)

http://www.deolhonotempo.com.br/?id=81-10030

Feriadão ameno após temporais no Sul do Brasil


A expectativa de temporais no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país se confirmou com o registro de tempestades severas afetando ontem principalmente Paraná, São Paulo e o Mato Grosso do Sul, regiões onde justamente eram indicados os mais altos índices de instabilidade reproduzidos na análise publicada na quarta-feira pela MetSul. O Paraná foi castigado por fortes vendavais entre a madrugada e a manhã de ontem. Centenas de casas ficaram destelhadas no Norte, Noroeste, Oeste e no Sudoeste do Estado. Em Maringá, a velocidade do vento chegou a 128 km/h. Dezenas de árvores foram ao chão, e vários bairros ficaram sem energia elétrica...

http://www.metsul.com/blog/

avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Ter Out 12, 2010 4:34 am

Muro de Construção irregular cai em cima de casa vizinha no Itapoã

No último domingo (10), por volta das 18h, uma forte ventania atingiu a cidade do Itapoã, e acabou derrubando um muro de uma construção irregular em cima do telhado de uma casa vizinha, no bairro da fazendinha. Oito pessoas residiam no local, duas ficaram feridas. O propietário da residência em construção não foi localizado.



Carlos Augusto de Souza, 40 anos, e sua filha Sandra de 11 anos tiveram escoriações na cabeça e nas costas, mas passam bem. O corpo de bombeiros do Distrito Federal fez os devidos curativos no local. A pequena residência de três cômodos ficou totalmente destruída e com tijolos espalhados por todo o espaço, os móveis ficaram inutilizados.



A Defesa Civil orienta que todas as obras tenham tela de construção e sejam orientadas por engenheiros ou arquitetos. "O periodo de chuva chega com rajadas de ventos de até 90 km por hora, obras sem orientações e sem supervisão de profissionais podem por a vida de inocentes em risco, além dos prejuízos materiais." Comenta, Edna Gonçalves, Supervisora de Serviços da Defesa Civil.



Os propietários da casa destruída estão desempregados, e pedem ajuda a quem posso doar movéis roupas ou alimentos. Contato: 92610675 ou ligar diretamente para a defesa Civil: 199



Fonte: Da redação do clicabrasilia com informações do Repórter Vinícius Borba

http://www.clicabrasilia.com.br/site/noticia.php?id=303819
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Ter Out 12, 2010 4:56 am

Amazonas: Seca atinge 40 mil famílias e estado de emergência é decretado


Agência Brasil

Publicação: 11/10/2010 16:08

Brasília - A seca que atinge o Amazonas desde o início de agosto já prejudicou cerca de 40 mil famílias. Segundo o governo estadual, dos 62 municípios amazonenses, 25 decretaram situação de emergência. Na última sexta-feira (8/10), a Defesa Civil reconheceu a situação de emergência em 21 deles.

Os municípios em situação de emergência por causa da estiagem são Atalaia do Norte, Benjamin Constant, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Iça, Tabatinga, Tonantins, Caapiranga, Boca do Acre, Envira, Guajará, Ipixuna, Itamarati, Juruá, Borba, Alvarães, Coari, Fonte Boa, Jutaí, Tefé, Uarin, Beruri, Manacapuru, Itacoatiara, Barreirinha e Parintins.

Segundo informações do governo do estado, a ação emergencial de ajuda humanitária aos municípios afetados começou esta semana com o envio de seis toneladas de alimentos. O chefe de gabinete da prefeitura de Ipixuna, Anísio Saturnino, disse que o transporte fluvial está comprometido em função da seca dos rios. “Os barcos não podem navegar. O transporte só pode ser feito por canoa. Alguns alimentos começam a faltar”, disse. Segundo Saturnino, o município (localizado no sudoeste do estado) aguarda para a tarde desta segunda-feira (11/10) a entrega, pela Defesa Civil do estado, de cestas básicas, filtros para água e medicamentos. Muitas pessoas estão sofrendo com problemas intestinais provocados pela má qualidade da água.

A geógrafa e pesquisadora do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), Ane Alencar, disse que a seca que atinge o Amazonas é uma condição climática extraordinária decorrente do fenômeno El Niño (aquecimento das águas do Oceano Pacífico), que ocorreu nos últimos meses de 2009 e deixou reflexos em 2010. “O El Niño de 2009 foi o pior das últimas três décadas e trouxe como consequência as fortes chuvas no Sul e a seca no Norte do país. Sempre quando ocorre um El Niño muito forte existem impactos no ano seguinte”.

Segundo Ane Alencar, a forte estiagem se deu em função também da maior frequência das secas no estado. “Desde 2000, as secas têm sido mais frequentes e mais intensas e a floresta não tem tido tempo de se recuperar”, disse. A temporada de chuvas na Amazônia, de acordo com a pesquisadora do Ipam, deve começar no fim de novembro.

A Secretaria Nacional de Defesa Civil foi procurada nesta segunda-feira pela reportagem da Agência Brasil, mas até o momento não informou que medidas poderão set tomadas pelo governo federal em relação aos municípios afligidos pela estiagem.

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/10/11/brasil,i=217570/AMAZONAS+SECA+ATINGE+40+MIL+FAMILIAS+E+ESTADO+DE+EMERGENCIA+E+DECRETADO.shtml
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Antonio(Mago) em Ter Out 12, 2010 11:29 pm

Nessa região parece que ja está chovendo bastante, pelo menos é o que infórmam á Midia.
avatar
Antonio(Mago)

Sagitário Mensagens : 276
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 62
Localização : Recife - Pernambuco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Qui Out 14, 2010 4:00 am

Vastas regiões do planeta em regime de seca crescente

http://dn.sapo.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=1684516


Vastas zonas do hemisfério sul, que incluem regiões de grande dimensão da
Austrália, da África e da América do Sul, tornaram-se mais secas ao longo da
última década. Este é o resultado do primeiro grande estudo global sobre o
processo de evapotranspiração - a transferência natural de água do solo para a
atmosfera - realizado por uma equipa internacional de investigadores.

As conclusões do estudo, que foram publicadas na Nature, confirmam as previsões
de que a evapotranspiração deveria aumentar no contexto das alterações
climáticas.

A equipa, coordenada por Beverly Law, da Oregon State University, avaliou aquele
processo, a partir de 1982 e descobriu que essa tendência crescente para a
secura dos solos já se verificava desde os anos 80. Em vastas regiões do
planeta, no entanto, a evapotranspiração já diminuiu ou parou, tal a secura aí
atingida pelos solos, o que desencadeou um aumento da evapotranspiração noutras
zonas do planeta.

Os cientistas têm poucas décadas de dados e portanto não sabem se esta tendência
pode ser considerada natural, ou se pelo contrário esta aparente aceleração do
ciclo hidrológico faz parte de um problema mais vasto chamado alterações
climáticas.
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  suctupac em Dom Out 17, 2010 6:10 pm

Tornado atinge a cidade de Manaus

Um tornado de intensidade não calculada, provavelmente F1 na escala Fujita, foi registrado nesta quinta-feira (14 de outubro de 2010) na cidade de Manaus, no Amazonas. Imagens gravadas por um aparelho de telefone celular e divulgadas à noite pela Rede Globo mostram o momento em que o redemoinho de vento destelhava casas.
As cenas exibidas também mostram uma árvore arrancada pela raíz, mas segundo a reportagem a quantidade de árvores destruídas pode ser maior.

http://www.painelglobal.com.br/direto.php?id=dat_20101015-102126.inc&tf=1287148886
avatar
suctupac

Mensagens : 61
Data de inscrição : 12/08/2010
Localização : serra do mar / pr

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Seg Out 18, 2010 2:17 am

Olá pessoal,

Deu uma chuva forte na minha região (Guará-Brasília), que vento forte, foi tudo rápido e uma janela quase pegou a minha mãe, foi aquele susto e fechamos tudo com o vendaval rodeando nossa casa e vizinhança. Após a chuva saí e vi casas destelhadas e árvores e galhos caídos obstruindo pistas nas quadras na minha vizinhança e placas e cones das obras da EPTG lançadas a metros de distância, a nuvem de chuva passou com tudo dessa vez o que repete tudo que está se dando no planeta como o tornado em Manaus supracitado, mas também depois de mais um final de semana tumultuado com vibração baixa, tive até picos de pressão alta no calorão, não poderia ter dado em outro acontecimento...

Até mais!

Buscador apreensivo affraid

Chuva no fim da tarde deste domingo derruba árvores no Guará


André Corrêa

Publicação: 17/10/2010 18:32 Atualização: 17/10/2010 20:21

A chuva que caiu na tarde deste domingo (17/10) derrubou várias árvores em áreas residenciais do Guará. Segundo informações do Corpo de Bombeiros a queda das árvores obstruiram a passagem de pedestres e motoristas na QE 08, em frente ao colégio JK, na QI 02 e 06, no trecho 4 do Setor de Cargas e na Colônia Agricola de Águas Claras, próximo ao Guará I. Não houve registro de danos patrimoniais, nem de pessoas feridas.

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/10/17/cidades,i=218513/CHUVA+NO+FIM+DA+TARDE+DESTE+DOMINGO+DERRUBA+ARVORES+NO+GUARA.shtml
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Seg Out 18, 2010 3:00 am

Um monstro no Polo Sul

Modelos indicam a presença de uma baixa poderosíssima na região antártica neste começo de semana. O norte-americano GFS, por exemplo, em sua saída da manhã deste domingo sinaliza que o sistema poderia atingir pressão ao nível do mar de apenas 911 hPa a Oeste de Drake, mas em rodadas anteriores chegou a projetar incríveis 906 hPa.




O enorme ciclone aparece nas imagens de satélite desta manhã, mas o sistema frontal que se observa no extremo Sul da América do Sul não está associado a ele, mas a outro ciclone mais próximo do continente gelado. A Antártida, aliás, é uma região conhecida por sistemas de baixa pressão, muitos de característica explosiva e intensa. Vai chover demais nas áreas de menor altitude do Sul do Chile e nevar intensamente com enormes acumulações no Sul dos Andes, entre a Argetina e o Chile, neste começo de semana. Nas montanhas o vento será extremo com rajadas que podem atingir até 150 km/h ou mais nas áreas elevadas. No lado chileno, nas áreas baixas, o excesso de chuva pode provocar transtornos para as comunidades locais.




Um sistema de baixa pressão tão profundo seria um furacão categoria 5 na escala Saffir-Simpson se estivesse no Caribe, mas pela região onde atuará esta baixa as conseqüências do ciclone são distintas. Um furacão intenso traz tornados. Um ciclone descomunal na Antártida não. Vento intenso, claro, os dois produzem.



http://www.metsul.com/blog/
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Seg Out 18, 2010 3:05 am

17/10/2010
Vendaval derruba 9 torres na maior hidrelétrica de São Paulo


Pelo menos nove torres de linhas de transmissão foram derrubadas no início da noite deste sábado por um ventos de 50km/h na usina de hidrelétrica de Ilha Solteira, no extremo noroeste do Estado de São Paulo, na divisa com Mato Grosso do Sul. As primeiras informações dão conta de que a usina, a maior do Estado e a terceira maior do País em geração de energia, teve de ser desligada por conta do acidente. As torres caíram dentro do rio Paraná. Outras cinco torres de transmissão tombaram na zona rural, deixando a cidade de Selvíria (MS), a 6 km da hidrelétrica, no escuro. Na cidade de Ilha Solteira, a suspensão de energia foi parcial. Segundo prefeito Edson Gomes (PP), os estragos foram muitos: diversas casas e dois restaurantes tiveram o teto destruído, árvores caíram sobre carros e casas. "Até agora, pelos dados que temos, seis famílias ficaram desabrigadas e tiveram de ser abrigar em casas de parentes", disse. Ninguém ficou ferido. O trabalho de recuperação da cidade deverá ser iniciado na manhã deste domingo, quando técnicos da prefeitura terão avaliação completa dos estragos causados. Na usina de hidrelétrica, os engenheiros apenas confirmaram que os estragos causados pelo vendaval foram "parciais" e não quiseram dar maiores detalhes. As ligações feitas para o celular da assessoria de imprensa da Companhia Energética do Estado de São Paulo (Cesp), responsável pela usina, não foram atendidas. O questionamento feito era se os problemas não causariam prejuízo ao sistema nacional, uma vez que todas as usinas do País são interligadas. No Operador Nacional do Sistema (ONS), a informação era de que os responsáveis por responder o questionamento voltarão a trabalhar na segunda-feira.

(Fonte: De olho no tempo, com informações Terra)

http://www.deolhonotempo.com.br/?id=81-10096
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Seg Out 18, 2010 4:05 am

Mais um vídeo sobre o tornado em Manaus:



Até mais!

Buscador
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Seg Out 18, 2010 4:13 am

Com seca na Amazônia, nível de água no Rio Solimões bate recorde histórico

Em Tabatinga (AM), rio chegou ao menor nível desde 1982.
Já o Rio Negro registrou, em Manaus, sua 12ª maior vazante desde 1902.

http://www.globoamazonia.com/Amazonia/0,,MUL1623621-16052,00-COM+SECA+NA+AMAZONIA+NIVEL+DE+AGUA+NO+RIO+SOLIMOES+BATE+RECORDE+HISTORICO.html
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Ter Out 19, 2010 4:20 am

Eita, o pessoal no tópico do apocalipse-notícias correlatas está achando que está tendo calmaria no mundo, mas na vida do Buscador pelo contrário está uma tribulação e tanto, olha só:

Levei minha mãe para fazer exame de audição hoje a noitinha numa clínica e levei junto as duas empregadas no carro e já estava meio tenso depois de mais outra chuvarada em Brasília, o exame foi demorado, mas deu tudo certo, só que na hora de sair com o carro o estacionamento estava repleto de veículos já que a clínica é dentro de uma faculdade com aulas noturnas e fui saindo com o carro, mas não calculei direito e encontrei em um carro que estava atrás e fiquei prensado com o outro que estava estacionado ao lado, mas que confusão só: minha mãe nervosa pedindo para agente voltar de táxi ou chamar o esposo de uma das empregadas para nos ajudar, a outra empregada tentando me ajudar a sair da situação e os universitários saindo da faculdade, mas que rolo até um grupo de universitários nos ajudarem a sair da situação da seguinte forma: eu, as duas empregadas e eles conseguimos levantar a parte traseira do carro com a minha mãe dentro dele, assim meu carro se soltou do carro que estava engarranchado nele e finalmente consegui sair do estacionamento escuro agradecendo aos universitários pela ajuda. Estou meio tenso até agora. Conclusão: calmaria no mundo equivale a tribulação na vida do Buscador.

Até mais!

Buscador tenso pale

Atualizado em: Segunda-feira, 18/10/2010 às 17:18:22

Tamanho da letra:
A +A -

Após chuvas fortes, diversas regiões do DF ficam sem energia elétrica


A distribuição de energia elétrica foi interrompida na tarde desta segunda-feira (18) em algumas regiões do Distrito Federal. A companhia Energética de Brasília (CEB) já está nos locais realizando os reparos na rede elétrica.


Segundo a assessoria de imprensa da CEB, a forte chuva, com a ocorrência de quedas de granizo, pode ter derrubado árvores que afetaram os fios condutores de eletricidade. Em Arniqueiras, por exemplo, uma torre caiu sobre a rede elétrica, que rompeu cabos e acarretou o problema.



A falta de energia começou por volta das 17h00, nas regiões de Taguatinga Norte, Águas Claras, Samambaia, Vicente Pires e Arniqueiras. Em alguns pontos, a situação passou a ficar normalizada durante o inicio da noite. Por volta das 18h, as áreas rurais de Brazlândia e Ceilândia voltaram a funcionar.



Outros serviços em Brasília foram afetados por causa da tempestade, como o Metrô-DF, que teve suas atividades parcialmente interrompidas após a queda de um raio no sistema de operações. Ainda não se sabe ao certo quantas linhas foram atingidas e a proporção do impacto da chuva na volta para casa dos usuários.



Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, Brasília terá fortes pancadas de chuva e trovoadoas nos próximos três dias. Nesse período de chuvas, é comum ter um aumento no número de acidentes de trânsito nas vias do DF. O Corpo de Bombeiros recomenda que alguns cuidados sejam tomados para prevenir o aumento dessas ocorrências.



A adoção de medidas simples como verificar o estado de conservação de freios, pneus e iluminação do veículo; evitar freadas bruscas e ampliar a distância de segurança; usar o cinto de segurança são alguns dos cuidados que devem ser tomados no período de chuvas.



Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br

http://www.clicabrasilia.com.br/site/noticia.php?id=304878
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Qui Out 21, 2010 2:56 am

Octubre 18, 2010 Lo accesorio sigue el régimen de lo principal


Nagoya: objetivo, salvar la Tierra

Delegados de 190 naciones de todo el mundo comienzan hoy en Nagoya, Japón, una conferencia de dos semanas con un único objetivo: asegurar la supervivencia de las especies y los ecosistemas en peligro de extinción. Sin embargo, la Convención de Diversidad Biológica de la ONU se enfrenta, de nuevo, a las profundas divisiones entre países ricos y pobres sobre cuál es la mejor forma de actuar para evitar lo que, según los expertos, será una auténtica catástrofe a escala planetaria.







La extinción de especies puede cambiar el mundo que conocemos para siempre

Lo que nadie duda es que el número de especies que están desapareciendo, y la velocidad a la que lo hacen, son una señal inequívoca de que el mundo está cambiando. Y tampoco de que las consecuencias de ese cambio serán devastadoras.

"Estamos al borde de una gran extinción, dice Russ Mittemeier, presidente de la organización Conservation International y biólogo especializado en primates. Y la existencia de ecosistemas sanos es la base del desarrollo humano".

Si una parte de la compleja red de organismos vivientes desapareciera (como por ejemplo las abejas, que tienen un papel crucial en el proceso de polinización y cuyo número está decreciendo), todo el sistema podría colapsarse sin remedio.

En la reunión que empieza hoy en Nagoya los 190 delegados intentarán fijar veinte objetivos para la próxima década. Veinte medidas destinadas a ralentizar las potencialmente catastróficas tendencias actuales. Y que todos esperan que no sigan el mismo camino que las adoptadas en 2002, en la Conferencia de la Tierra, que jamás llegaron a cumplirse.

Peor que con los dinosaurios

Los científicos estiman que, en la actualidad, la Tierra está perdiendo especies entre cien y mil veces más rápido de lo que indica la media histórica del planeta. Lo cual nos estaría empujando hacia el sexto gran periodo de extinción sufrido por nuestro mundo, el mayor desde el que provocó la caída de un meteorito hace 65 millones de años, acabando con el reinado de los dinosaurios. Sólo entre los primates, el campo de estudio de Mittemeier, el 49% de las 669 especies que existen están en peligro de extinción. "Y eso -afirma el científico- es un riesgo muy real de extinción".

"Nos acercamos al punto crítico -aseguró Ryu Matsumoto, Ministro de Medio Ambiente de Japón, en la apertura de la conferencia - Lo que quiere decir que estamos a punto de alcanzar un límite después del cual la pérdida de biodiversidad será irreversible. Y podríamos cruzar ese punto en los próximos diez años, si no hacemos nada para evitarlo".

Una de las medidas que se debatirán será la creación de grandes áreas protegidas, tanto en tierra como en los océanos, para permitir la recuperación de muchas especies. Y ese es precisamente uno de los mayores puntos de fricción entre las naciones desarrolladas y las que están en vías de desarrollo. De hecho, la creación de esos espacios supondría un severo recorte a las expectativas económicas de los más pobres.




Kristen Neiling
Dirección y Producción
Agencia CPl.News ®
www.thecamino.com.ar
" el día después de mañana, es hoy"
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Qui Out 21, 2010 3:32 am

Aquecimento Global: temperatura bate recorde histórico em 2010

O Centro Nacional de Dados Climáticos dos Estados Unidos, NCDC, publicou ontem um novo relatório sobre o aquecimento do planeta. De acordo com o órgão, o período entre janeiro e setembro de 2010 se igualou ao ano de 1998 e registrou a sequência mais quente já registrada na história para os primeiros nove meses do ano.


O relatório divulgado mostra que nos primeiros nove meses deste ano a temperatura média da Terra ficou 0.67º C acima da normal registrada nos últimos 131 anos. É o valor mais elevado já registrado no hemisfério norte e o segundo mais quente no hemisfério sul. Até hoje, a sequência anual mais quente foi observada em 2005.




Os valores de temperaturas continentais e oceânicas combinados mostram que setembro de 2010 ficou 0.5º C acima da média de todos os meses de setembro do século 20, empatado com o mesmo mês do ano de 1998. O recorde de setembro foi estabelecido em 2005, quando a anomalia global combinada (oceano e áreas continentais) ficou 1.19º C acima da média.



Artes: No topo, gráfico mostra a anomalia térmica desde o ano de 1880 até o presente. Na sequência, recordes de temperatura para o mês de setembro. Créditos: NCDC/Apolo11.com


Direitos Reservados
Ao utilizar este artigo, cite a fonte usando este link:
Fonte: Apolo11 - http://www.apolo11.com/mudancas_climaticas.php?posic=dat_20101020-111613.inc



avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Sab Nov 06, 2010 3:03 am

Clima feroz: Amazonas enfrenta pior seca dos últimos 47 anos

A maior vazante histórica do Rio Negro desde 1963 reflete a pior seca que o Amazonas já enfrentou em 47 anos. Após registrar a maior cheia em julho do ano passado atingindo 29,77 metros no porto de Manaus, o nível do Negro desceu até a marca de 13,63 metros no último dia 24 de outubro, evidenciando o grave quadro de estiagem na região. A cota de alerta do Rio é determinada, para baixo ou para cima, quando o nível chega a 15,86 metros.


O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) que é responsável pelo monitoramento do sistema Solimões/Negro/Amazonas em parceria com a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) acompanha a evolução das cheias e vazantes na Amazônica Ocidental. Segundo o órgão, não se via uma situação assim desde 1902, ano em que começaram as medições.

Segundo último levantamento da Defesa Civil do Estado, a seca atinge mais de 62 mil famílias em todo o Estado do Amazonas e 40 municípios decretaram situação de emergência. Com afluentes e rios completamente secos, algumas comunidades estão totalmente isoladas. Das cinquenta escolas ribeirinhas de Manaus, metade teve as aulas suspensas no segunda quinzena de outubro por falta de condições de transporte.



A diminuição das águas dos grandes rios que cortam o Amazonas já preocupava desde o começo de outubro, quando a medição do Rio Solimões, em Tabatinga, foi a mais baixa desde 2005.

Os Institutos de Meteorologia ressaltam que estamos em ano de La Ninã, e portanto, a chuva abundante pode demorar mais para chegar. Normalmente, a chuva no Amazonas volta ser mais frequente no fim de novembro e durante o mês de dezembro. Nos últimos dias, o nível do Rio Negro subiu um pouco na medição no porto de Manaus, mas ainda está longe de uma recuperação.


Fotos: No topo, a comparação da maior cheia do Rio Negro registrada no porto de Manaus em 2 de julho de 2009 e da maior vazante da história registrada em 24 de outubro deste ano. Na sequência, gráfico mostra as maiores vazantes do Rio Negro em Manaus, com destaque para os anos de 1997 e 2010. Crédito: Serviço Geológico do Brasil (CPRM).


Direitos Reservados
Ao utilizar este artigo, cite a fonte usando este link:
Fonte: Apolo11 - http://www.apolo11.com/clima.php?posic=dat_20101102-080129.inc


avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Dom Nov 07, 2010 1:28 am

05/11/2010
Vendaval atinge 79,9 km/h em Campina Verde (MG)


O rápido deslocamento de uma área de baixa pressão em níveis médios da atmosfera, algo em torno de 5 mil metros de altitude, chamado na meteorologia de cavado, desencadeou a formação de inúmeras áreas de chuva nesta sexta-feira em parte de Minas Gerais. Além de chuva e raios, vários pontos registraram ventania, com rajadas superiores a 70 km/h. Estações meteorológicas automáticas operadas pelo INMET registraram rajada máxima de vento de 60,8 km/h em Uberlândia, 69,1 km/h em Patrocínio e 79,9 km/h em Campina Verde.

(Fonte: De olho no tempo)

http://www.deolhonotempo.com.br/?id=81-10250
avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Buscador em Dom Nov 07, 2010 9:49 pm

---
GRIFO MEU : Não tenho duvida alguma de que animais são inteligentes em muitos
niveis.

Quem tem animal perto sabe que eles se adaptam, evoluem, aprendem conosco apenas
pela observação.
---



Estudos avançam, mas a inteligência animal ainda é alvo de controvérsia


Cesar Baima
http://oglobo.globo.com/ciencia/mat/2010/10/25/estudos-avancam-mas-inteligencia-\
animal-ainda-alvo-de-controversia-922857165.asp


RIO - Quem tem um bicho de estimação sabe muito bem: seu gato, cachorro,
papagaio, hamster ou o que seja é o mais esperto do mundo.

Até meados do século passado, porém, a inteligência animal era considerada
inexistente. Suas atitudes e ações eram descritas como simples respostas
instintivas ou estratégias de sobrevivência, sem nenhuma relação com a cognição,
que se acreditava ser exclusiva do ser humano. Foi só a partir dos anos 1960 que
estudos de longo prazo começaram a produzir pistas de que, sim, os animais
pensam, são capazes de resolver problemas, aprender com seus erros e se adaptar
a novas situações, assim como os seres humanos. Mas o que passa na cabeça deles?
Algumas espécies têm autoconsciência? Quão inteligentes são os animais? Apesar
dos avanços nas pesquisas, estas e outras perguntas permanecem sem resposta,
gerando controvérsias entre os especialistas.


- O que existe hoje são várias linhas de entendimento do que vem a ser a
inteligência animal. Há estudos feitos em ambiente natural, mas também tem muita
coisa sendo feita em laboratórios - conta o biólogo Salvatore Siciliano,
pesquisador da Escola Nacional de Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). - As
pesquisas podem levar anos para chegar a conclusões simples, mas, à medida que
aumenta o esforço de observação e amostragem, estamos passando a perceber que os
animais são, sim, inteligentes.

Quando elaborou sua Teoria da Evolução, no século XIX, Charles Darwin a estendeu
para o desenvolvimento do cérebro humano. Como outros aspectos da nossa
fisiologia, a inteligência teria evoluído a partir de organismos mais simples em
resposta a desafios comuns a quase todos os animais, como as necessidades de se
alimentar, reproduzir e interagir com o ambiente. Atualmente, faz parte do senso
comum considerar que grandes primatas como os chimpanzés, cujo DNA é 99% igual
ao dos seres humanos, apresentam um certo grau de inteligência, assim como
outros mamíferos mais desenvolvidos, como cetáceos (baleias e golfinhos) e
elefantes. Supreendente, no entanto, foi verificar que mesmo espécies mais longe
na escala e árvore evolutivas, como pássaros e polvos, também demonstram sinais
de inteligência.

avatar
Buscador

Libra Mensagens : 265
Data de inscrição : 11/08/2010
Idade : 45
Localização : Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MUDANÇAS CLIMATICAS - CHINA - COMPORTAMENTO ANIMAIS

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum