COMUNIDADE FAMILIA ASCENSAO
SAUDAÇÕES QUERIDA FAMILIA.
PARA CONHECER OS DEBATES E PARTILHAS ANTERIORES VISITE O LINK
http://nominato.com.br/forum/index.php

ATENÇÃO :
APÓS FAZER O REGISTRO, VÁ NA SUA CAIXA DE EMAIL E "ATIVE" SUA CONTA.
VOLTE AO FÓRUM E CLIQUE "LOGIN" NOME E SENHA "MANTER CONECTADO". PARA FUGIR DAS PROPAGANDAS.


Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  REFLEXIONANDO em Qua Ago 18, 2010 11:08 pm

Saudações a todos

Por favor informem-se sobre a Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Tenho uma amiga canal que me passou um alerta sobre essa nova ''peste''

Ela disse-me : Pois bem, recebi a imagem do seguinte:
GO NOT FRANCE. NÃO VÃO À FRANÇA

Estive pesquisando no google:
http://www.google.pt/search?sourceid=navclient&aq=hts&oq=&ie=UTF-8&rlz=1T4GZAZ_pt-PTPT352PT352&q=Nova+%22superbact%c3%a9ria%22+resiste+a+todos+os+antibi%c3%b3ticos

Parece que essa bactéria já está espalhada por muitos Países.
Por favor , estejam alertas quanto a esse assunto.




Paz
Vórtice11

REFLEXIONANDO

Mensagens: 12
Data de inscrição: 18/08/2010

http://vortice11.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  ALGOL em Qua Ago 18, 2010 11:50 pm

É verdade. A mídia escrita tem falado sobre esse assunto nos últimos dias, com relato de vítima fatal na Europa (Bélgica). Vejam:

Superbactéria chega à Europa e deixa o mundo em alerta
Micro-organismo, resistente a todos os antibióticos conhecidos, surgiu no sul da Ásia e ‘viajou’ para o Reino Unido

Rio - Cerca de um ano após o vírus da gripe suína ter alarmado autoridades, profissionais de saúde e cidadãos em todo o mundo, um micro-organismo promete ser alvo dos holofotes médicos por um bom tempo. Trata-se de uma nova cepa super-resistente da bactéria E.coli (Escherichia coli), que pode levar à morte por pneumonias e infecções urinárias.

Em artigo publicado ontem na revista científica ‘The Lancet’, cientistas relataram que os primeiros casos de doenças causadas pela bactéria mutante surgiram na Índia e Paquistão, de onde foram levadas para o Reino Unido por turistas que viajaram ao sul da Ásia com o objetivo de fazer cirurgias estéticas.

Pesquisadores identificaram na E.coli enzima chamada de NDM-1, produzida por um gene que confere altíssimo nível de resistência aos antibióticos. Segundo o descobridor do gene, Tim Walsh, da Universidade de Cardiff, o grande temor é a falta de medicamentos que possam combatê-la.

“Temos prazo de 10 anos para desenvolver um medicamento capaz de tratar esse tipo de infecção. É a primeira vez que chegamos a um estágio tão ameaçador com este tipo de bactéria”, afirmou.

Para o coordenador da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar do Instituto Fernandes Figueira, Carlos Eduardo Figueiredo, uma das classes de antibióticos que poderia ser usada é a polinixina. “Essa é uma droga que era usada há 20, 30 anos, e foi deixada de lado por ser muito tóxica. Se não houver outra solução, ela terá que ser adotada novamente”, disse o profissional.

Já o chefe do Serviço de Doenças Infecciosas e Parasitárias do Hospital do Fundão, Alberto Chebabo, lembra que no Brasil há uma bactéria com perfil de resistência semelhante à E. coli: a Klebsiella.

“Assim como a E. coli, ela também faz parte da flora intestinal e foi identificada no Brasil, inclusive no Rio de Janeiro. Se a imunidade do paciente está baixa, ou se ele tem maus hábitos de higiene, tanto a Klebsiella, quanto a E. coli podem causar infecções difíceis de serem tratadas, por serem muito resistentes. Por isso é importante ficar atento”, conclui Chebabo.

Apesar de todo o alerta que a nova bactéria causou em pesquisadores europeus, medidas ainda não foram tomadas por aqui. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e as secretarias municipal e estadual de Saúde do Rio ainda não foram notificadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a respeito do problema. Pelo menos em relação à gripe suína o mundo já pode respirar aliviado: ontem a OMS declarou o fim da pandemia.

Mulheres correm mais risco de contrair infecções

O infectologista da UFRJ Edmilson Migowiski explica que as mulheres são mais suscetíveis a doenças causadas pelas bactérias super-resistentes. “A E. coli é o agente principal de infecção urinária em mulheres. Isso porque ela vive na flora intestinal, o que facilita a contaminação do períneo”, explica o profissional.

Segundo Migowski, o intestino tem capacidade de manter as bactérias sem, no entanto, deixar que elas atuem no organismo. Entretanto, isso pode mudar com a baixa imunidade.

“Da corrente sanguínea, ela adere às paredes dos órgãos, onde se alimenta de restos de células e de outras bactérias, produzindo infecção e toxinas. Dependendo do órgão que ela atinge, pode causar diarreia, pneumonia e até choque”, esclarece.

O infectologista ressalta que ninguém está livre de desenvolver doenças pela bactéria mutante. “Em contato com o tipo não-mutante, a E.coli pode passar a informação que dá resistência para as outras, fazendo com que todas se tornem super-resistentes”.

PREVINA-SE

HIGIENE

Não é só a gripe suína que pode ser evitada com o simples gesto de lavar as mãos. Esse tipo de higiene pode prevenir muitas outras doenças, inclusive as infecções por super-bactérias.

Evite compartilhar objetos de uso pessoal. Lave bem os utensílios antes de usar.

ALIMENTAÇÃO

Evite beber água de poço e nadar em rios e lagos, que podem estar contaminados.

Lave bem os alimentos antes de comer, principalmente saladas e frutas.

Evite comer molhos, como maionese, na rua. Podem estar estragados.

Frituras e embutidos também devem ser evitados.

Reportagem de Clarissa Mello e João Ricardo Gonçalves





Bactéria resistente deixou uma vítima na Bélgica em junho

Agência AFP


BRUXELAS - Um morador de Bruxelas morreu em junho depois de voltar do Paquistão, seu país de origem, onde havia sido infectado por uma bactéria resistente a quase todos os antibióticos, indicou nesta sexta-feira um funcionário do hospital belga onde foi tratado.

Esse caso foi detectado na Bélgica em junho, afirmou Denis Piérard, microbiologista do hospital universitário AZ VUB, citado pela imprensa belga.

"Trata-se de um paciente diabético que morava em Bruxelas. Durante a viagem ao Paquistão, ele foi vítima de um acidente de carro. Depois de ter sido hospitalizado no local com um grande ferimento na perna, foi repatriado em seguida para a Bélgica, mas seu estado já era séptico", explicou.

Apesar da administração de colistina, um potente antibiótico, o paciente morreu, disse o médico.

Um segundo caso também foi registrado este ano na Bélgica, segundo um microbiologista da Universidade de Louvain, Youri Glupczynski, entrevistado pela rede de televisão belga RTBF.

A superbactéria considerada a causadora dessas mortes, que produz uma enzima batizada "metalo-betalactamase 1 de Nova Délhi" (NDM-1, em inglês), foi identificada pela primeira vez em 2009 em um paciente sueco hospitalizado na Índia.

Segundo um estudo divulgado esta semana pela revista britânica The Lancet Infectious Diseases, pesquisadores também identificaram a bactéria em 37 pacientes no Reino Unido, incluindo alguns que haviam viajado à Índia ou ao Paquistão para serem submetidos a uma cirurgia estética. Três australianos que tinham viajado para a Índia também foram infectados, suscitando temores de uma propagação mundial.

A NDM-1 resiste a quase todos os tipos de antibióticos, incluindo os carbapenemos, geralmente reservados para situações de emergência e ao tratamento de infecções multirresistentes.

Os hospitais belgas reforçaram sua vigilância e intensificaram as medidas de precaução, principalmente para os casos de pacientes repatriados, com o objetivo de evitar contaminações, indicaram autoridades de vários hospitais.


10:22 - 13/08/2010

ALGOL

Aquário Mensagens: 101
Data de inscrição: 11/08/2010
Idade: 44
Localização: RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

É, parece que a coisa chegou por aqui...

Mensagem  Eliane Ferrari em Sex Ago 20, 2010 12:56 pm

Superbactéria faz com que hospital de Londrina (PR) restrinja entrada de pacientes


A bactéria é muito resistente e não há antibióticos para tratá-la. O hospital passa por uma desinfecção completa. No Paraná, nenhum paciente pode entrar no Hospital Universitário de Londrina, um dos principais do estado. Uma bactéria muito resistente provocou a interdição do hospital. Já há 27 pessoas infectadas e três setores do hospital foram isolados. A bactéria é muito resistente e não há antibióticos para tratá-la. O hospital passa por uma desinfecção completa.

Eliane Ferrari

Virgem Mensagens: 46
Data de inscrição: 12/08/2010
Idade: 60
Localização: Bonito - MS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  suctupac em Sex Ago 20, 2010 1:42 pm

Vórtice11 escreveu:Saudações a todos

Por favor informem-se sobre a Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Tenho uma amiga canal que me passou um alerta sobre essa nova ''peste''

Ela disse-me : Pois bem, recebi a imagem do seguinte:
GO NOT FRANCE. NÃO VÃO À FRANÇA

Estive pesquisando no google:
http://www.google.pt/search?sourceid=navclient&aq=hts&oq=&ie=UTF-8&rlz=1T4GZAZ_pt-PTPT352PT352&q=Nova+%22superbact%c3%a9ria%22+resiste+a+todos+os+antibi%c3%b3ticos

Parece que essa bactéria já está espalhada por muitos Países.
Por favor , estejam alertas quanto a esse assunto.




Paz
Vórtice11

Interessante é a "superbactéria" ter "surgido" bem na semana seguinte à OMS declarar o fim da pandemia de gripe H1N1.

O que não existiu, acabou. Será que o que começou existe mesmo?

.
.
Twisted Evil Evil or Very Mad Twisted Evil Evil or Very Mad Twisted Evil Evil or Very Mad Twisted Evil Evil or Very Mad Twisted Evil Evil or Very Mad Twisted Evil Evil or Very Mad

suctupac

Mensagens: 61
Data de inscrição: 13/08/2010
Localização: serra do mar / pr

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  Martelo em Sex Ago 20, 2010 11:56 pm

Olá a todos,

Claro, pode ser mais uma arma biológica. Porém, não podemos descartar que esta seja uma bactéria jurássica que estava isolada em algum bloco de gelo, e, com esta onda de calor na Europa, acabou acordando de um longo sono.

Este é um dos perigos latentes deste descontrole meteorológico que estamos enfrentando.

Abs,

Martelo

Martelo

Mensagens: 198
Data de inscrição: 11/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  Just em Qui Set 09, 2010 1:15 am

Quero deixar bem claro que esse assunto é extremamente sério!! A vários anos já é sabido na medicina que apareceria um gene bacteriano que resistiria a todos os antibióticos, já que os mesmos são limitados e uma das últimas classes a serem criadas foram às da Polimixinas!! Entendam que não se trata de nenhuma bactéria "NOVA", apenas o gene que é novo e lhe confere, digamos, "imortalidade" frente às nossas drogas!!

Pois bem, o uso indevido dessas drogas pela própria medicina que receita antibioticoterapia indiscriminadamente resultou na seleção natural das bactérias... resumindo, se uma única bactéria desenvolve um gene para a resistência à determinado antibiótico, passará através de "pilis" em sua membrana esse gene para suas "filhas" e mesmo outras bactérias!!

Desde a descoberta dessa medicação em 1922 pelo Dr.Alexander Fleming, as bactérias vêm se modificando e já sabemos que elas serão as vencedoras nessa queda-de-braço pois nossa medicina atual não terá mais recursos para combatê-las!!
E parece que infelizmente esse momento está chegando... o novo gene NDM-1 vem sendo observado em amostras isoladas de Escherichia Coli e lhe confere a característica de "Superbactéria" pela resistências à praticamente TODOS os antibióticos disponíveis no MUNDO!!
Quem entende um pouco sobre reprodução de bactérias por divisão binária, sabe do perigo que isso pode mostrar se fora do controle!!! Dificilmente conseguiremos isolar como isolaríamos um vírus... epidemias bacterianas são infinitamente mais difíceis de se controlar do que por vírus!!

"A Escherichia coli é uma bactéria bacilar Gram-negativa, que, juntamente com o Staphylococcus aureus é a mais comum e uma das mais antigas bactérias simbiontes do homem."
http://pt.wikipedia.org/wiki/Escherichia_coli

**"Japan confirms its first case of new superbug gene."**

"TOKYO (AP) - Japan has confirmed the nation's first case of a new gene in bacteria that allows the microorganisms to become drug-resistant superbugs, detected in a man who had medical treatment in India, a Health Ministry official said Tuesday."

"The gene, known as NDM-1, was found in a Japanese man in his 50s, Kensuke Nakajima said."
http://apnews.myway.com/article/20100907/D9I322P81.html

Link Traduzido: http://translate.google.com.br/translate?js=n&prev=_t&hl=pt-BR&ie=UTF-8&layout=2&eotf=1&sl=en&tl=pt&u=http%3A%2F%2Fapnews.myway.com%2Farticle%2F20100907%2FD9I322P81.html

fiquem com Deus...
um grande abraço a todos...

Just

Aquário Mensagens: 124
Data de inscrição: 11/08/2010
Idade: 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  ALGOL em Ter Set 14, 2010 7:49 am

13/09/2010 17h29 - Atualizado em 13/09/2010 17h56
Novas notícias sobre a superbactéria...


Superbactéria é bomba-relógio e exige resposta global, dizem cientistas
Médicos pedem sistema de vigilância internacional 'nos próximos meses'.
A 'NDM-1' resiste a quase todos os tipos de antibióticos.
Da AFP

A nova superbactéria originária da Índia e que demonstra ser resistente a quase todos os antibióticos conhecidos representa uma ameaça mundial, advertiram cientistas nesta segunda-feira (13).

Temos a necessidade urgente de, em primeiro lugar, estabelecer um sistema de vigilância internacional nos próximos meses e, em segundo lugar, examinar todos os pacientes que derem entrada em qualquer sistema de saúde" em tantos países quanto for possível, disse Patrice Nordmann, do Hospital Bicetre, da França.

"Por enquanto não sabemos quão rapidamente o fenômeno está se espalhando (...). Pode levar meses ou anos, mas o certo é que se espalhará", disse à AFP, destacando que já foram tomadas medidas na França e que outras estão em discussão no Japão, em Cingapura e na China.

"É um pouco como uma bomba-relógio", explicou.

Nordmann participa da 50ª Conferência Intercientífica sobre Agentes Antimicrobianos e Quimioterapia (Interscience conference on Antimicrobial Agents and Chemotherapy), que reúne 12 mil especialistas em doenças infecciosas em Boston (Massachusetts, nordeste dos Estados Unidos).

O cientista, que é chefe do departamento de bacteriologia e virologia do hospital francês, disse que a bactéria encontrará terreno fértil na população de 1,3 bilhão de pessoas da Índia.

A "superbactéria", chamada NDM-1 (metalo-beta-lactamase 1 de Nova Délhi) e suas variações parecem ter se originado na Índia. Ela foi detectada pela primeira vez em 2007, na Grã-Bretanha.

A NDM-1 resiste a quase todos os tipos de antibióticos, inclusive os carbapenemas, geralmente reservados às emergências e ao tratamento de infecções multirresistentes.

ALGOL

Aquário Mensagens: 101
Data de inscrição: 11/08/2010
Idade: 44
Localização: RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  ElementoXXX em Qua Set 15, 2010 2:03 am

A NDM-1 resiste a quase todos os tipos de antibióticos, inclusive os carbapenemas, geralmente reservados às emergências e ao tratamento de infecções multirresistentes.

Já que são quase todos os tipos de antibióticos, quais serão então os que produzem efeitos satisfatórios?

ElementoXXX

Mensagens: 4
Data de inscrição: 11/08/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  Buscador em Qui Set 16, 2010 2:11 am

Superbactéria é bomba-relógio e exige resposta global, dizem cientistas

http://noticias.ambientebrasil.com.br/clipping/2010/09/14/60309-superbacteria-e-\
bomba-relogio-e-exige-resposta-global-dizem-cientistas.html


A nova superbactéria originária da Índia e que demonstra ser resistente a quase
todos os antibióticos conhecidos representa uma ameaça mundial, advertiram
cientistas nesta segunda-feira (13).

"Temos a necessidade urgente de, em primeiro lugar, estabelecer um sistema de
vigilância internacional nos próximos meses e, em segundo lugar, examinar todos
os pacientes que derem entrada em qualquer sistema de saúde" em tantos países
quanto for possível, disse Patrice Nordmann, do Hospital Bicetre, da França.

"Por enquanto não sabemos quão rapidamente o fenômeno está se espalhando (…).
Pode levar meses ou anos, mas o certo é que se espalhará", disse à AFP,
destacando que já foram tomadas medidas na França e que outras estão em
discussão no Japão, em Cingapura e na China.

"É um pouco como uma bomba-relógio", explicou.

Nordmann participa da 50ª Conferência Intercientífica sobre Agentes
Antimicrobianos e Quimioterapia (Interscience conference on Antimicrobial Agents
and Chemotherapy), que reúne 12 mil especialistas em doenças infecciosas em
Boston (Massachusetts, nordeste dos Estados Unidos).

O cientista, que é chefe do departamento de bacteriologia e virologia do
hospital francês, disse que a bactéria encontrará terreno fértil na população de
1,3 bilhão de pessoas da Índia.

A "superbactéria", chamada NDM-1 (metalo-beta-lactamase 1 de Nova Délhi) e suas
variações parecem ter se originado na Índia. Ela foi detectada pela primeira vez
em 2007, na Grã-Bretanha.

A NDM-1 resiste a quase todos os tipos de antibióticos, inclusive os
carbapenemas, geralmente reservados às emergências e ao tratamento de infecções
multirresistentes.

Buscador

Libra Mensagens: 265
Data de inscrição: 12/08/2010
Idade: 42
Localização: Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  suctupac em Sab Set 25, 2010 3:01 pm

Fungo mortal está se espalhando pelos EUA e Canadá

Um estudo de investigação da Universidade de Duke descobriu que uma forma perigosa mutante de um fungo aéreo chamado Cryptococcus gattii está se espalhando por todo o Noroeste do Estados Unidos e em algumas partes do oeste do Canadá. O fungo, que normalmente infecta apenas as pessoas com doenças auto-imunes e sistemas imunológicos comprometidos, agora parece estar infectando pessoas saudáveis, preocupa os especialistas.

Publicado na revista PLoS Pathogens, um jornal da Public Library of Science, o relatório explica que o fungo novo está infectando pessoas em toda a região noroeste do Pacífico e o seu objetivo é continuar a expandir-se. Embora o fungo tenha sido descoberto originalmente em regiões tropicais e subtropicais, está de alguma forma prosperando em regiões temperadas muito diferentes de sua terra natal.


http://www.naturalnews.com/029593_fungus_Canada.html



suctupac

Mensagens: 61
Data de inscrição: 13/08/2010
Localização: serra do mar / pr

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  ALGOL em Sab Out 09, 2010 7:10 am


Contaminação com a superbactéria atinge 17 hospitais de Brasília
Espécie é resistente a quase todos os antibióticos

Rio - A Secretaria de Saúde do Distrito Federal confirma que 108 pacientes, em dezessete hospitais públicos e particulares, foram contaminados pela superbactéria. Entre as 18 pessoas que morreram, ainda não é possível afirmar se a bactéria foi a causa.

No Brasil, essa bactéria KPC surgiu pela primeira vez há cinco anos. Em julho passado contaminou 29 pacientes no Hospital Universitário de Londrina, no Paraná.

A bactéria KPC é um organismo multirresistente a antibióticos, que é acompanhada por especialistas em vários países e o aumento das ocorrências é observado no mundo inteiro. No Brasil, sua incidência já foi registrada em vários Estados e no Distrito Federal.

Segundo a secretaria, medidas foram tomadas para barrar o avanço da bactéria nos hospitais. O objetivo é redobrar os cuidados com a higienização dos ambientes e,sobretudo, das mãos, tanto por parte dos profissionais de saúde como dos parentes e visitantes dos pacientes.

Essa bactéria existe no sistema digestivo de todas as pessoas, mas sofreu uma alteração genética e só não é resistente a três antibióticos. Ela ataca principalmente pacientes internados com baixa resistência imunológica.

Fonte: Jornal O DIA

ALGOL

Aquário Mensagens: 101
Data de inscrição: 11/08/2010
Idade: 44
Localização: RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  Nominato em Sab Out 09, 2010 7:39 am

Pois é, familia, uma pequena pesquisa na área antroposofica e dicas como respiração, alimentação, yoga,
produtos naturais, sol, mantras, se faz mais que necessário para nossa saude fisica,mental, emocional e energética.

Cuidemos de começar já.


Nominato

_________________
.............................................

Para acesso ao site Ascensão : http://www.nominato.com.br/

SOBRE O PORTAL 11:11 -

"Um elemento importante do SER ÚNICO EM AÇÃO é o AMOR EM AÇÃO. Isso não é apenas sentar e enviar amor a todos. Trata-se de AMOR prático, AMOR verdadeiro, incorporar o AMOR PURO DO CORAÇÃO onde quer que nós formos e fazer com que ele seja sentido em todo o mundo! "


http://nominato.asiafreeforum.com/comunidade-familia-ascensao-http-nominatocombr-forum-index-f1/abertura-do-nono-portal-1111-em-25-de-outubro-em-bali-t74.htm#3751

Nominato
Admin
Admin

Câncer Mensagens: 205
Data de inscrição: 10/08/2010
Idade: 57

http://nominato.asiafreeforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  Antonio(Mago) em Sab Out 09, 2010 8:21 am

A Fraternidade Cristã deve ser instaurada nessa Terra.
Vamos todos aprender a ser os novos cristãos, a vida e a luz do mundo?

Antonio(Mago)

Sagitário Mensagens: 276
Data de inscrição: 11/08/2010
Idade: 58
Localização: Recife - Pernambuco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  Antonio(Mago) em Seg Out 11, 2010 3:01 am

Num futuro não muito distante teremos uma maneira, um modo de controlar todo tipo de praga prejudicial ao homem, mas isso não será com esse remédios convencionais não; hoje a engenharia genética ja desponta, mesmo que timidamente nesse sentido; quando o homem ja mais purificado tiver a capacidade de se controlar e controlar tudo ao seu redor com base nas Leis Superiores, então ele entenderá os motivos que os levou a tanto sofrimento e tantas confusões.

Muita paz, luz e vida em todo nosso Ser.

Antonio(Mago)

Sagitário Mensagens: 276
Data de inscrição: 11/08/2010
Idade: 58
Localização: Recife - Pernambuco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nova "superbactéria" resiste a todos os antibióticos

Mensagem  Buscador em Qui Out 14, 2010 11:20 am

---
GRIFO MEU :
Superbacteria ja matou 18 pessoas no Distrito Federal
http://groups.yahoo.com/group/MidiaeProfecia/message/20628
---

Hospital das Clínicas de SP registra 70 casos de superbactéria, diz jornal


http://midiacon.com.br/materia.asp?id_canal=11&id=29400

A superbactéria KPC, resistente à maioria dos antibióticos e responsável por 18
mortes no Distrito Federal, foi encontrada no Hospital das Clínicas de São
Paulo, onde foram contabilizados 70 casos de infecção desde 2008, segundo
publicou o jornal O Estado de S. Paulo, neste sábado (9).

A nova superbactéria, originária da Índia, está deixando cientistas e
profissionais de saúde em alerta. A praga, chamada NDM-1 (metalo-beta-lactamase
1 de Nova Délhi) foi detectada pela primeira vez em 2007, no Reino Unido. Ele
resiste a quase todos os tipos de antibióticos, inclusive os carbapenemas,
geralmente reservados às emergências e ao tratamento de infecções
multirresistentes.

Ao jornal, a coordenadora-chefe do Grupo de Controle de Infecção Hospitalar do
HC, Ana Sara Levin, mostra receio pelo aumento de casos, mas afirma que parte
dos pacientes já chegou ao hospital com a bactéria.

- A velocidade dos registros vem aumentando, o que nos deixa bastante
preocupados. Isso nos faz crer que a cepa resistente é encontrada em outras
partes do país.

De acordo com o jornal, a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) encontrou
a superbactéria em amostras enviadas de outros cinco Estados.

Essa informação é confirmada pela infectologista do Laboratório de Pesquisa de
Resistência Bacteriana da Unifesp, Ana Cristina Gales.

- Já encontramos a HPC em amostras vindas das cidades de João Pessoa, Recife,
Vitória e Rio de Janeiro e do Estado do Rio Grande do Sul.

Buscador

Libra Mensagens: 265
Data de inscrição: 12/08/2010
Idade: 42
Localização: Brasília

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum